quarta-feira, 30 de junho de 2010

DEUS ESTÁ NAS TEMPESTADES.

smileys falando

O Senhor tem o seu caminho na tormenta e na tempestade, e as nuvens

São o pó dos seus pés.

Um dia de sol pode transformar-se em dia escuro quando irrompe um forte temporal o mesmo pode acontecer com a nossa vida. Num momento,tudo pode está bem, mas, de repente

Surge a adversidade.

È difícil saber o porque de cada sofrimento, dificuldade ou tempestade d

a nossa vida.

Mas um dos motivos pelos quais Deus permite nosso sofrimento é a disciplina.

Deus nos disciplina através das dificuldades porque ele nos ama.

Nós caímos facilmente em pecado, e uma das razões é porque, esquecemos que o Senhor nos disciplinará por isso

Paulo ficou cego, pois somente quando se viu privado da visão conseguiu prestar atenção no que Deus queria lhe ensinar.

Jonas quase morreu engolido por um peixe, pois não queria Obedecer a uma ordem explicita do Senhor .

Deus não sente prazer em nos fazer sofrer.

Mas ele nos ama tanto, que não quer nos ver infelizes por causa das conseqüência dos nossos Erros .

Quando Deus nos disciplina , geralmente a correção se relaciona a alguns pecados cometidos. Será?

Nem sempre Deus esta permitindo uma situação em nossas vidas por pecados cometidos , a vida do cristão passa por processo de burilamento, aniquilamento, refinamento, polimento, purificação para que o brilho e o caráter de Cristo venha a resplandecer em nós.

O apóstolo Paulo diz em sua Epístola aos Romanos 7:24 'miserável homem que sou quem me livrara do corpo desta morte'?

Então nem todo processo em que passamos é por haver cometido pecado.

E que na queda de nossos pais no Éden herdamos a natureza do pecado;

As conseqüência imediata do pecado foram transferidas á toda posteridade . algumas delas:

Podem ser chamadas : conseqüências naturais; sucedem-se ao pecado numa seqüência praticamente automática de causa e efeito.

Outras são especificamente ordenadas ou dirigidas

Por Deus , como penalidade pelo pecado .

Depravação total Gn6.5;Rm 3.23.

A palavra depravação deriva do latim de e pravus... Pravus significa perverso. De é intensivo

Depravus literal e originalmente significa muito perverso , não no sentido de ter-se tornado

Perverso. O termo não implica má formação original , mas o que deslizou, decaiu ou afastou-se

do correto ou direito. A palavra sempre implica DETERIORAÇÃO ou DECADÊNCIA de um estado anterior de perfeição moral ou física .Portanto, depravação significa perversão, corrupção ou degeneração. da raça humana .

O que Deus quer e redirecionar os seu passos e reconduzi los para junto dele, a disciplina é uma

promessa de esperança baseada no amor de Deus , a fim de que seus filhos jamais se percam

Deus é amor. e depois desta tormenta vem a quietude, em João13-7 respondeu Jesus e disse-lhes: O que eu faço agora não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois . Deus sempre sabe trabalhar pela sua onisciência , onipotência e onipresença ele é soberano.

E saiba se voce que esta em situação de tempestade, confie em Deus , ele lhe dara vitória.

Deus te abençoe.

Maria Alice S. Varela

segunda-feira, 28 de junho de 2010

smileys falando<

HAVERIA COISA DIFÍCIL AO SENHOR?

Haveria coisa difícil ao Senhor.?
São Bernardo 26/6/2010.
Congresso de Senhoras - Jardim Sapopemba - Diadema-Belém-SP.
Tema:
Gênesis.18-14. Haveria coisa difícil ao Senhor.?
Dentro deste versículo quero falar alguns temas.
1, O cronos de Deus.
2, Os atributos de Deus. Salmo 139; Jó 37-a42.
3, O comportamento de Deus.
Nos Salmos 139, o salmista se expressa da seguinte maneira; Senhor tu me sondaste, e me conheces.Tu conheces o meu assentar e o meu levantar, de longe entendes o meu pensamento.
E verso de numero 4, o salmista diz: Sem que haja uma palavra Na minha língua, eis que, ó Senhor, tudo conheces .
Quando três anjos aparecem a Abraão e disseram, Gênesis 18: 10-12. E disse:certamente tornarei a ti por este tempo de vida; e eis que Sara, tua mulher, terá um filho.E ouviu-o Sara á porta da tenda, que estava atrás dele.
Versículo nº11 E era Abraão e Sara já velhos e adiantado em idade;já a Sara havia cessado o costume das mulheres.12 Assim,pois,riu-se Sara consigo, dizendo: terei ainda deleite depois de haver envelhecido, sendo também o meu Senhor já velho?
Após esta frase entra, os atributos de Deus e o chronos de ou tempo kairós.
- Os gregos usavam pelo menos três palavras para designar tempo:
Aion, kairós e kronos.
- Aion ou Aeon - Aion indicava o tempo de longo prazo, na verdade, de longuíssimo prazo [séculos], que o apóstolo usa quando diz que Jesus é Senhor não apenas neste século, ou era, isto é, aion, como também no vindouro.
- Kaihros é uma antiga palavra que significa: tempo, momento certo e oportuno. E usado também em teologia para descrever a forma qualitativa do tempo de Deus. Tempo de Deus...
- Cronos no latim era a personificação do tempo;Kronos é o tempo medido pelo relógio: segundos, minutos e horas.
Kairós refere-se ao tempo cronológico ou seqüencial
Kairós indicava um bloco de tempo, uma ocasião adequada ou uma oportunidade: o tempo das "águas de março que fecham o verão", a estação da sua fruta predileta, o período da adolescência ou a hora certa de pedir a moça em casamento.
Deus é atemporal.Domina o Tempo, mas não está preso ao tempo ou no tempo.
Vamos falar dos atributos de Deus , no livro do profeta Jeremias.
No capt n 1-5 o Senhor Deus o todo poderoso, o eterno fala a Jeremias: antes que eu te formasse no ventre eu te conheci; e, antes que saísses da madre,te santifiquei e ás Nações te dei por profeta.
A Onisciência de Deus.
Os atributos exclusivos de Deus.
AOnipresença - ele está presente em todos os lugares .
Deus é Onisciente; ele sabe todas as coisas.
Deus é Onipotente: ele é todo poderoso e detém a autoridade total sobre todas as coisas.
Deus é Transcendente- ele é diferente, e independente da sua criação e por ser atemporal.
Deus é eterno, ele é de eternidade a eternidade; nunca houve e nem haverá um tempo, nem no passado, nem no futuro, em que Deus não existisse ou que não existira. Ele é eterno ele está no presente e no futuro e no passado, não há limite de tempo para Deus.

Deus é imutável, ele é inalterável em seus atributos, nas suas perfeições e nos seus propósitos.
Deus é perfeito e santo, ele é absolutamente isento de pecado e perfeitamente justo.
Deus é trino e único.
Deus é bom .
Deus é amor.
Deus é misericordioso e clemente, ele não extermina o ser humano.
Deus é compassivo: significa sentir tristeza pelo sofrimento douta pessoa.
Deus é paciente e lento em irar-se.
Deus é a verdade: Jesus chamou se a si mesmo*a Verdade*;
E o Espírito Santo é chamado o Espírito da verdade.
Diante dos atributos de Deus, e do cronos de Deus, a dúvida e o riso Abraão, e de Sara.
Não há impossíveis para Deus:
A incredulidade e a dúvida do casal, mesmo que momentânea.
Após haver tido uma conversa com os anjos de Deus e o próprio Deus, foi bem diferente da resposta de Deus paraJó.
Após uma lista do poder e da criação de Deus a resposta de Jó foi a seguinte:
- Bem sei eu que tudo podes, e nenhum dos teus pensamentos pode ser Impedido. Jó42-2.
Dar um filho ao casal de idosos é muito simples para Deus, que nós servimos, porque o que era impossível a nos já foi feito.
O que parecia impossível: era o Deus todo poderoso criador dos céus e terra despir se da sua glória, tornar se homem e morrer em uma cruz, ressuscitou desceu as partes mais baixas da terra, tomar as chaves da morte e do inferno, e pisar na cabeça da serpente, e resgatar a nossa alma.
Por esta razão o salmista Davi exclama no Salmo 124-7: a nossa alma escapou, como um pássaro do laço do passarinheiro, o laço quebrou- se e nós escapamos.
Jesus quebrou o laço quando morreu e ressuscitou. Aleluia.
Deus iria dar aquela criança para Abraão e Sara, pela sua fidelidade e pelo seu propósito, o qual ninguém pode impedir; estava nos planos dele;
E neste plano dois propósitos:
1- Trazer alegria ao pai da fé, e fazer nascer uma grande nação, para que através desta nascesse o Messias.
O que é impossível para você?
-Uma muralha ser derribada aos gritos!
-Um menino matar um gigante.
-Um homem criado na maior cultura da era bíblica, tornar se Assassino e ser o homem que Deus escolhe para libertar o seu povo.
-O mar ser aberto milhões de pessoas passarem a pés enxuto?
-Um anjo ;em uma noite matar 185mil homens.
-Carros e cavalos de fogo descer dos céus e ascender um profeta aos céus?
O prazer de Deus é nos abençoar.
Deus queria e fez aquele casal feliz!
O nosso Deus pensa a nosso respeito:
Ele diz: eu é que sei que pensamento tem de vós, são pensamentos de bem e não de mal para vos dar o fim que desejais.
Portanto o apst Paulo nos fala quer comais, quer bebais ou façais outra qualquer coisa.Fazei tudo para a glória de Deus.1 Coríntios 10-31.
A palavra de Deus:
EM ROMANOS 4:20. E não duvidou da promessa de Deus por Incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando gloria a Deus.
Não duvide das promessas de Deus em tua vida. Mas diga como Jó: Bem sei eu que tudo podes; E nenhum dos teus planos pode ser impedido. Agora Senhor que espero eu? A minha esperança
Está em ti. Salmo 39:7
No livro de Jó 38-1:5. Depois disto, o Senhor respondeu a Jó de um redemoinho e disse:Quem é este que escurece o conselho com palavras sem conhecimento?Agora cinge os teus lombos como homem ;e perguntar-te-ei, e tu, responde-me. Onde estavas tu quando eu fundava a terra?Faze-mo saber, se tens inteligência.Quem lhe pos as medidas , se tu o sabes ?Ou quem estendeu sobre ela o cordel?
-Por esta razão quero lhe impulsionar a dizer como Jó:
-Bem sei eu, que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser impedido.
Maria Alice Sampaio Varela

sábado, 26 de junho de 2010

Lamentações de Jeremias – um Livro de Esperança

Esperança na Lamentação
Lm.1.1 Como está sentada solitária a cidade que era tão populosa! Tornou-se como viúva a que era grande entre as nações! A que era princesa entre as províncias tornou-se avassalada!
2 Chora amargamente de noite, e as lágrimas lhe correm pelas faces; não tem quem a console entre todos os seus amantes; todos os seus amigos se houveram aleivosamente com ela; tornaram-se seus inimigos.3 Judá foi para o cativeiro para sofrer aflição e dura servidão; ela habita entre as nações, não acha descanso; todos os seus perseguidores a alcançaram nas suas angústias.
4 Os caminhos de Sião pranteiam, porque não há quem venha à assembléia solene; todas as suas portas estão desoladas; os seus sacerdotes suspiram; as suas virgens estão tristes, e ela mesma sofre amargamente.
5 Os seus adversários a dominam, os seus inimigos prosperam; porque o Senhor a afligiu por causa da multidão das suas transgressões; os seus filhinhos marcharam para o cativeiro adiante do adversário.
12 Não vos comove isto a todos vós que passais pelo caminho? Atendei e vede se há dor igual a minha dor, que veio sobre mim, com que o Senhor me afligiu, no dia do furor da sua ira.
Introdução:
Em meio a destruição o lamento ensina a obedecer!
Apesar do título e da situação de caos, do enredo e dos versículos fortes sobre o juízo advindo, apesar dos lamentos da constatação do inegável destruidor ter passado por sobre as casas e o templo de Judá o Livro de Lamentações de Jeremias é um condutor de que o lê para um caminho novo.
O Caminho da Esperança.
Lm.3. 22,23. A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã.
Lm.3. 26. Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.
Assistindo a Desolação:
Lm.3. 1. Eu sou o homem que viu a aflição causada pela vara do seu furor.
Após o cumprimento de suas profecias Jeremias assiste a desolação prenunciada por Deus.
Todos os que tinham força de restauração, jovens, príncipes, valentes, mulheres briosas, sábios, entendidos em construção, se foram ao cativeiro.
A cena é cruelmente revelada na passagem inicial do Livro.
A descrição é uma narrativa quase visual para o leitor.
A cena é vista pelos olhos de quem lê as Escrituras, e reconhece que há um Senhor soberano que age conforme a sua Palavra.
O escritor Jeremias é a única testemunha possível de com autoridade canônica para descrever tal cenário, ocorrido em 586 a.C.
Tal cenário, só pode ser comparado na História de Israel ao descrito e profetizado por Jesus Cristo para Jerusalém e ocorrido no ano 70d.C.
Lc.23.20-24. Mas, quando virdes Jerusalém cercada de exércitos, sabei então que é chegada a sua desolação. Então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes; os que estiverem dentro da cidade, saiam; e os que estiverem nos campos não entrem nela. Porque dias de vingança são estes, para que se cumpram todas as coisas que estão escritas. Ai das que estiverem grávidas, e das que amamentarem naqueles dias! Porque haverá grande angústia sobre a terra, e ira contra este povo. E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos;
É uma lamentação do próprio Cristo.É um Ai.
Lc.23.28.29.30. Jesus, porém, voltando-se para elas, disse: Filhas [de Jerusalém], não choreis por mim; chorai antes por vós mesmas, e por vossos filhos. Porque dias hão de vir em que se dirá: Bem-aventuradas as estéreis, e os ventres que não geraram, e os peitos que não amamentaram! Então começarão a dizer aos montes: Caí sobre nós; e aos outeiros: Cobri-nos.
O profeta mais uma vez está em dores ao profetizar está em conflito com os sacerdotes do Templo – Jesus e a turma sacerdotal de Anás e Caifás[João. 13. E conduziram-no primeiramente a Anás; pois era sogro de Caifás, sumo sacerdote naquele ano.], são agora os representantes do período da turma do sacerdote do templo nos dias de Jeremias.
Lc.23. 10. Estavam ali os principais sacerdotes, e os escribas, acusando-o com grande veemência.
Características de autoria:
Filha virgem.
Jr.14.17. Portanto lhes dirás esta palavra: Os meus olhos derramem lágrimas de noite e de dia, e não cessem; porque a virgem filha do meu povo está gravemente ferida, de mui dolorosa chaga.
Jr.18.13. Portanto assim diz o Senhor: Perguntai agora entre as nações quem ouviu tais coisas? Coisa mui horrenda fez a virgem de Israel!
Lm.1.15. O Senhor desprezou todos os meus valentes no meio de mim; convocou contra mim uma assembléia para esmagar os meus mancebos; o Senhor pisou como num lagar a virgem filha de Judá.
Contexto bíblico-histórico:
Os Livros de 2Rs e 2Cr - declínio moral do Reino de Judá
Advertências proféticas - ver 2.17.
Zedequias se rebela - Nabucodonosor atacou Jerusalém- 2Rs 24.20
Sítio da cidade – fome.
Tentativa de fuga de Zedequias - 2Rs 25.4
Nubuzaradã - destrói a maior parte de Jerusalém; queima o templo; o exílio - 2Rs 25.8-12.
Esboço do Livro.
Um livro poético com formação acróstica em cada estrofe destas lamentações.
As letras do alfabeto hebraico são a base do fraseado de cada verso.
Assim temos o início com Álefe e seguindo pelas demais letras.
Como é básico em teologia, aprendemos que os livros do AT tem o seu título baseado na primeira palavra do mesmo.
Assim, o Livro de Lamentações, começa com “Como” – em hebraico – ekah”; uma interjeição de espanto, como Ai –
Título:
Qinot ou “lamentações”
Primeira Parte.
A Má Situação de Jerusalém.
I. A metáfora da Jerusalém como viúva; ao lamento da cidade que chora de noite, sem consolo. Não tem mais seus ‘amantes’ para explorar as suas belezas, agora que está destruída, e as suas portas queimadas.
Fruto de seus próprios pecados. 8 Jerusalém gravemente pecou, por isso se fez imunda; todos os que a honravam a desprezam, porque lhe viram a nudez; ela também suspira e se volta para trás.
1 Como está sentada solitária a cidade que era tão populosa! Tornou-se como viúva a que era grande entre as nações! A que era princesa entre as províncias tornou-se avassalada!
2 Chora amargamente de noite, e as lágrimas lhe correm pelas faces; não tem quem a console entre todos os seus amantes; todos os seus amigos se houveram aleivosamente com ela; tornaram-se seus inimigos.
Segunda Parte.
A Ira do Senhor.
II. Pedido de clemência e arrependimento do profeta. Dor e lamento pela desgraça visível e palpável.
2 Devorou o Senhor sem piedade todas as moradas de Jacó; derrubou no seu furor as fortalezas da filha de Judá; abateu-as até a terra. Tratou como profanos o reino e os seus príncipes.
14 Os teus profetas viram para ti visões falsas e insensatas; e não manifestaram a tua iniqüidade, para te desviarem do cativeiro; mas viram para ti profecias vãs e coisas que te levaram ao exílio.
Jeremias lembra dos que diziam:”Paz...Paz...’, e agora há silencio mas não há Paz, só desolação e choro.
Terceira Parte.
A Tristeza de Jeremias.
III. Dor e Esperança. 1 Eu sou o homem que viu a aflição causada pela vara do seu furor. Uma referencia interna sobre Jeremias, como autor.
19 Lembra-te da minha aflição e amargura, do absinto e do fel.
20 Minha alma ainda os conserva na memória, e se abate dentro de mim.
21 Torno a trazer isso à mente, portanto tenho esperança.
Quarta Parte.
A Ira do Senhor.
IV. Na realidade a execução do Juízo de Deus, realizada após muito clamor ao povo para atentar para ao arrependimento. 1 Como se escureceu o ouro! Como se mudou o ouro puríssimo! Como estão espalhadas as pedras do santuário pelas esquinas de todas as ruas!
2 Os preciosos filhos de Sião, comparáveis a ouro puro, como são agora reputados por vasos de barro, obra das mãos de oleiro!
Quinta Parte.
Oração de Jerusalém.
V. Descrito como Oração pelo formato. Clama pelo socorro de Deus.
vs.1. Lembra-te, Senhor, do que nos tem sucedido; considera, e olha para o nosso opróbrio.
Cântico de Jeremias, como afirmam alguns estudiosos.
DISCURSO:
É preciso atentar ao tempo de Deus e as conseqüências quando não atentamos em obedecer a sua voz.
Era o que Jeremias via como o autor da Proclamação.
Não espere a desolação chegar para lamentar.
Lamente seus erros e se volte para a posição de arrependimento, que é uma posição 180º de onde nós estamos, quando erramos desprezando o Senhor e seus profetas.
Ainda é tempo de Arrependimento.
1-A Igreja e o Tempo de Lamentação:
Joel 1. 14. Santificai um jejum, convocai uma assembléia solene, congregai os anciãos, e todos os moradores da terra, na casa do Senhor vosso Deus, e clamai ao Senhor.
A Igreja está inserida neste contexto como a vida do profeta Jeremias.
Enquanto não nos curvarmos aos sacerdotes da desobediência e atentarmos para os verdadeiros propósitos da verdade proclamada de Deus a nós como, o Israel de Deus, seu povo, filhos de Abraão pela fé.
Jr.6. 10 A quem falarei e testemunharei, para que ouçam? Eis que os seus ouvidos estão incircuncisos, e eles não podem ouvir; eis que a palavra do Senhor se lhes tornou em opróbrio; nela não têm prazer.
2-Assim, temos como obrigação:
Proclamar os Oráculos doutrinários de uma vida nacional, familiar e pessoal de santidade aos que nos ouvem ou deixem de nos ouvir.
Mt.13.15. Porque o coração deste povo se endureceu, e com os ouvidos ouviram tardamente, e fecharam os olhos, para que não vejam com os olhos, nem ouçam com os ouvidos, nem entendam com o coração, nem se convertam, e eu os cure.
3-A Nossa Obrigação está posta.
Jr.26. 3. Bem pode ser que ouçam, e se convertam cada um do seu mau caminho, para que eu desista do mal que intento fazer-lhes por causa da maldade das suas ações.
4-Exortar ao arrependimento
Ensinarmos as novas gerações de crentes: Dt.31.13 e que seus filhos que não a souberem ouçam, e aprendam a temer ao Senhor vosso Deus, todos os dias que viverdes sobre a terra .
Tapar a boca dos contradizentes.
5-Ensinar a Igreja a ter ouvidos aguçados experimentando os espíritos, se são de Deus.
Tt.1.11. ... aos quais é preciso tapar a boca; porque transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância.
Congregar os povos.
Dt.31.12 Congregai o povo, homens, mulheres e pequeninos, e os estrangeiros que estão dentro das vossas portas, para que ouçam e aprendam, e temam ao Senhor vosso Deus, e tenham cuidado de cumprir todas as palavras desta lei;
Joel 2. 16. ...congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os meninos, e as crianças de peito;
6-Ajuntar as multidões para ouvir, como Esdras o fez, após a volta deste Cativeiro.
É tempo de santificação, enquanto há tempo...
Há uma importância mediata e imediata em falar da palavra de Deus.
Em conhecermos as Lamentações, em lermos as Lamentações.
Temos que ser ‘judaizantes’, circuncidados pelo coração, através da Leia da vida em Cristo Jesus.
Hb.2. 1. Por isso convém atentarmos mais diligentemente para as coisas que ouvimos, para que em tempo algum nos desviemos delas.
Devemos rememorar neste domingo as causas da aflição e lamento de Israel para que a Igreja tome consciência do que virá se:
a-Deixarmos ao Senhor
Tt.2. 1. Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina.
1 Co.10. 23. Todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.
b-Afrouxarmos as Doutrinas
c-Sermos crentes legalistas, tão somente
d-Vivermos uma vida em que somos de língua dobre.
e-Vivenciarmos um Evangelho pobre de posição, quanto a sua verdade real e ensinada pela Bíblia
f-Vivermos uma liberalidade em vez de Liberdade:”tudo posso naquele que me fortalece, mas nem todas as coisas me convém”.
Ainda no meio da Lamentação e do monturo, há tempo de vivenciarmos aos homens que há um fulgor límpido, ainda que longínquo de Esperança.
Em meio ao desconforto da vida atual, com suas dificuldades e com o pecado avassalador querendo destruir a tudo e a todos, há uma palavra para a Igreja:
Tudo que fizermos deve ser para edificação, para remover o entulho e monturo espiritual que quer nos envolver e deixar-nos omissos a situação deste Mundo, com todas as expressões que significa esta palavra no conceito bíblico ensinado por Jesus Cristo.
1 Co.4.26. Que fazer, pois, irmãos? Quando vos congregais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.
7- Misericórdia de Deus.
O que Mantém O Mundo:
Quando falamos em Lamentações somos obrigatoriamente levados a pensar em uma palavra:
Misericórdia.
O Lamento embora em meio a confusão da destruição, e lamentações do profeta, ele absorve um conhecimento que lhe é concedido pelo Senhor.
Embora todos os danos ainda assim ele pode ver em meio, a tudo isto, que sua existência ainda lhe foi permitida, assim como a da Nação, por uma qualidade divina.
Lm.3.22. As misericórdias do Senhor, são as causas de não sermos consumidos;porque as suas misericórdias não têm fim.
CONCLUSÃO:
A Igreja, isto é, nós somos escolhidos para neste tempo de dores estarmos aptos a suportar tudo por amor ao Evangelho.
Seguindo o exemplo de nossos irmãos da Igreja primitiva temos que ser estóicos, sem a conotação do termo histórico.
Devemos saber suportar as aflições por amor a Palavra de Deus, pois estamos livres guardados em Cristo, embora neste mundo.
João 15. 18-20. Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim. Se fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; mas, porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia. ...Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavra, guardarão também a vossa.
A Igreja é o ‘Jeremias’ atual:
João 15.24,25 ...mas agora, não somente viram, mas também odiaram tanto a mim como a meu Pai. Mas isto é para que se cumpra a palavra que está escrita na sua lei: Odiaram-me sem causa.
Rm.5. 2-5. por quem obtivemos também nosso acesso pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e gloriemo-nos na esperança da glória de Deus. E não somente isso, mas também gloriemo-nos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a perseverança, e a perseverança a experiência, e a experiência a esperança; e a esperança não desaponta...
Fonte:
Estante Teológica.
Bíblia Plenitude
Vivos
Bíblia digital – cortesia Tio Sam


sexta-feira, 25 de junho de 2010

DESCANSO EM DEUS.

smileys falando

quinta-feira, 17 de junho de 2010

JESUS FIEL AMIGO.

smileys falando

[red][b] >>>

O AMOR ESPERANÇA AFÉ A ALEGRIA.

smileys falando

[red][b] >>> Envie para seus amigos também![/b][/red] http://www.adorovoce.com

terça-feira, 15 de junho de 2010

DEUS TEM RESPOSTA...




Recados Para Orkut - Click Aqui! http://www.recados.net - Fotos

segunda-feira, 14 de junho de 2010

O PLANO DE DEUS PARA A FAMILIA .

A postura da sociedade moderna tem contribuído sensivelmente para a destruição de uma de suas instituições milenares: o casamento!

Opções cada vez mais liberais, habituais e Frequentes , como infidelidade, dissoluções familiares e divórcio já não nos chocam tanto;na
Verdade, quase chegamos a nos acostumar com elas .
Atualmente, não é muito fácil encontrarmos casais felizes, contudo, a estabilidade conjugal deveria ser a regra e não a exceção .
A infelicidade na vida familiar não pode pairar sobre nossa cabeça como uma sentença ameaçadora.
Deus fornece em sua palavra vários conceitos, que se praticados, facilitam o esforço que as pessoas fazem para atingir o ideal de construir um lar feliz.
Na bíblia, há instruções para o marido e para as esposas, algumas especificações...
Estão no livro:
Efésios 5.22-23 e outras gerais, que podem enriquecer o convívio conjugal em Filipenses 2.3-11, já 1 Coríntio 13 descortina o segredo do amor verdadeiro.
Se você está enfrentando problemas no seu casamento, não corra de Deus, mas para Deus.
Não desista!
Há esperança e saídas.
Deposite suas Dificuldades aos pés da cruz de Cristo;
Ore incansável e incessantemente pedindo ao Senhor que ministre á sua vida por meio da Sua palavra.
Converse com seu cônjuge.
Exponham suas duvidas, sentimentos, emoções.
Preocupações, necessidades mútuas e orem juntos a respeito do que lhes aflige.
È provável que não aconteçam mudanças instantâneas, mas certamente, elas ocorrerão.
A palavra de Deus é viva e eficaz e ela tem poder para transformar vidas e casamentos.
Se buscarmos o Senhor e nos dispusermos a seguir suas recomendações, ele nos dará Forças para fazermos o nosso casamento reviver das cinzas.
Lares estáveis e felizes: esta é a vontade de Deus .
Portanto, unam-se a ele e aceitem o Desafio de construir - ou reconstruir- um casamento mais amoroso, saudável, e feliz.
Jaime kemp.
Lendo este texto vi tanta verdade nele, que resolvi colocá-lo nesta pagina para comentarmos a respeito.
Família nasceu no coração de Deus:
Deus projetou a família para serem benditas na terra, porque da família vem a igreja estruturada; Dois alvos de Satanás: família e igreja.
E como o conceito da família vem mudando principalmente no século 21.
Nunca vimos tanta troca de valores como nos dias em que vivemos, valores estes que vem.
Afetando, diminuindo o amor, responsabilidade, comunhão, afeto, diálogo, respeito.
Por este motivo o apóstolo Paulo nos da uma recomendação em Romanos 12-1:2. Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.


quinta-feira, 10 de junho de 2010

VERDADE, ESPÍRITO SANTO, EXORTAÇÃO .

Livro de Judas :versículo 20-25.Exortação e doxologia final.
Mas vós amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no .
Espírito Santo, Conservai a vós mesmos na caridade de Deus,esperando a misericórdia.
De nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna.


E *apiedai-vos de alguns que estão duvidosos;E salvai alguns,* arrebatando-os do fogo;

Tendes deles misericórdia com temor, aborrecendo até a roupa manchada da carne.
Ora ,aquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar e apresentar vos irrepreensíveis.
Com alegria, perante a sua glória, Ao único Deus* Salvador nosso, por Jesus Cristo nosso.
Senhor, seja* glória e majestade,* domínio e * poder, antes de todos os séculos, agora e .
Para todo o sempre . Amém!
Judas exorta os seus leitores a se edificarem com a doutrina apostólica.
Uma parte vital de seu crescimento espiritual é orar no Espírito santo. Tal oração inclui a.
Oração na própria língua da pessoa conforme sugerido pelo Espírito: Romanos-8.15.
Porque não recebeste o espírito de escravidão, para outra vez, estardes em temor,mas.
Recebestes o espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos ;Aba, Pai.
Orando com gemidos inexprimíveis , romanos 8-26 E da mesma maneira também o Espírito.
Ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas.
O mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis . Aleluia, Gloria a Deus.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

LOVE JESUS.AMOR,CARIDADE.MEDITAÇÃO.

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos e não tivesse caridade,seria como o metal.
Que soa ou como sino que tine.Mas, quando vier o que é perfeito,então, o que o é em parte será
Aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino.
Mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
Agora, pois permanecem a fé, a esperança e a caridade,estas três;Mas a maior destas é a caridade.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...