quinta-feira, 30 de setembro de 2010

CALÇADOS PRIMAVERA VERÃO

Quando o assunto é calçado, boa parte do público feminino logo se interessa e se mostra disposto a gastar boas quantias nos variados modelos que vão se firmando como tendências para as próximas estações.
E se tem um sapato, em específico, que leva às mulheres à loucura, é a sandália!



Sempre bastante relacionada com a personalidade e estilo da mulher, essa peça conquista o seu público e vem construindo uma relação cada vez mais forte, já que a cada temporada mais e mais ela ganha espaço nas sapateiras femininas.


Com lugar garantido em todos os verões, para a estação de calor de 2011 essa constante não será diferente; as sandálias prometem arrebatar e despertar o desejo de compra dessas mulheres com seus variados modelos e saltos ainda mais altos!

Aderindo um caráter bastante ousado para a moda, a primavera verão 2010 2011 traz tendências que nos fazem criar muitas expectativas a respeito das coleções que estão por vir. Alguns desfiles e rascunhos vistos recentemente revelam algumas das principais características dos calçados mais adorados das mulheres para essa estação.





Novos modelos em estilos inusitados chegarão às lojas e vitrines arrancando suspiros. Sensuais, as sandálias terão diferentes modelos que agradarão os variados gostos femininos. Coloridas nos sete tons do arco-íris, elas contam ainda com todo o glamour que strass e cristais oferecem para serem acessórios de destaque nos looks.


Tiras mais finas e sexies dividirão espaço com as versões de tiras largas e marcantes. Para os saltos as novidades são muitas, mas o que todos terão em comum é a altura. Esculturais, em acrílico, couro ou madeira, finos ou grossos, plataformas e saltos com design diferenciado chegarão às prateleiras já na primavera de 2010.




Modelos como o meia-pata e o peep-toe continuarão em alta. As gladiadoras também terão espaço reservado, com a diferença de que nessa temporada elas vêm em versões mais altas, além das rasteirinhas que já fazem bastante sucesso pelas ruas do Brasil.












Saltos geométricos e ornamentação com flores em calçados de cores vibrantes direcionam as melhores tendências para a Primavera Verão 2010 2011.
Tachas e pérolas poderão ganhar os pés femininos em modelos mais glam ou delicados, como revelam rascunhos da Alexandra Neel, DKNY e Alexandre Birman.








As queridas botas do inverno serão também vistas nas temporadas mais quentes em versões desenvolvidas sobre a base de sandálias.
Vistas calçadas por celebridades antenadas e grandes desfiles como o de Givenchy, Yves Saint Laurent e Ann Demeulemeester; a bota sandália promete ser um hit da estação, consagrando-se como um must-have que cai super bem com os cocktail dresses.Para o dia-a-dia o conforto dos chinelos conquistará as mulheres também pelo visual mais atraente que ganhará em 2011.



Estilosos, esses simples acessórios chegarão em versões mais elaboradas que mantém as tradicionais duas tiras, mas as trazem com aplicações de paetês ou bordados.A praticidade dos calçados baixos poderá ser obtida também com os tênis. Sucesso na década de 90, os Keds têm sua volta marcada para 2010, mas o seu novo auge chegará mesmo em 2011.
Com uma ampla variedade de cores, a marca americana disponibilizará seu produto para lojas como a AllBags e Kipling, as quais possuem filiais espalhadas pelas principais cidades do Brasil.




Sapatos criativos e arrojados comprovam o empenho e criatividade dos designers que combinam humor, praticidade e tecnologia ao desenvolver as propostas para a estação.
A primavera verão 2010 2011 se firma, então, como uma estação de grandes novidades, onde o calçado oficial e explicitamente necessário para todas as mulheres é a sandália de salto alto; atente para o seu estilo e preferências para correr e providenciar logo o seu!


Equipe de Redação Portais da Moda Departamento de Moda

ACESSÓRIOS EM FORMATO DE FLOR.

Inspirados pelo movimento romântico que aconteceu na segunda metade do século 18 – lembre-se dos vestidos amplos e dos florais liberty, vários estilistas e designers de jóias elegeram as flores como o estilo do momento. E adicionaram um look mais sóbrio usando tons em bege, rosa, lavanda, azul e até ocre.

Nos primeiros desfiles,este estilo apareceu em vestidos com modelagem balonê usou a estampa floral extragrande na cores vermelho e azul Royal. Para consolidar a tendência,surge um estilista que enfeitou suas modelos com maxibijoux de flores de lalique na coleção de verão em Paris.

INSPIRE-SE AQUI PARA UM ESTILO FLORIDO

Para tirar do sério, as flores vintage e para um visual moderninho, flores em colares e lenços. A onda das flores também está forte nos acessórios e nas jóias. Nas vitrines, podemos encontrá-las em tons metálicos, bordadas e reluzentes em maxibijoux coloridas, em prata ou ouro.

Essa onda floral remete a sonhos, fotografias antigas e cheiro de alecrim. Então, para combinar, que tal ter um cantinho com flores em casa e se inspirar nas

cores e formas?

Para estar in nas flores:

* O segredo está em produzir um visual descolado. Assuma o seu lado romântico e misture com botas cowgirl.

* É possível usar um vestido rústico com meias florais e botas! Divirta-se!

* Sozinho ou com sobreposições, o colete florido pode ser um grande coringa na produção de inverno.

* Para não criar um look floral muito literal, que tal incrementar o visual básico com acessórios e bijoux?

* Se prefere a onda retro, que tal invadir o guarda-roupa da sua avó e garimpe um broche de flor para compor o seu blazer!

FONTE COISAS DE MULHER.

DEVOCIONAL

VERSÍCULO:
E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais
em pleno conhecimento e toda a percepção, para aprovardes as coisas
excelentes e serdes sinceros e inculpáveis para o Dia de Cristo,

-- Filipenses 1:9-10

PENSAMENTO:
Não sei sobre você, mas minhas decisões mais difíceis não são
escolhas entre o bem e o mal. Geralmente sei o que é bom e o que é
mal. Minhas escolhas mais difíceis são quando tenho que escolher
entre bom, melhor e o melhor. Meu amor por Deus geralmente supera
minha fraqueza para que escolha o bem sobre o mal. Mas, a não ser
que tenha consultado a palavra de Deus e entregue meu coração a ele
através da oração, tenho dificuldade em escolher entre o bom e o
melhor. Estou convicto, porém, que muito daquilo que Deus gostaria
de fazer através de nós hoje não é feito porque temos ficado
satisfeitos com o bom, quando ele gostaria de nos levar ao melhor!

ORAÇÃO:
Gracioso e Todo Poderoso Deus, ensine-me nos seus caminhos e
dê-me seu coração, ao lutar para amar ao Senhor, e além disso,
saber qual é a sua vontade e ter a sua perspectiva. Ajude-me a
saber as melhores coisas que devo fazer hoje e usar meu tempo da
melhor forma possível para realizar a sua vontade no meu trabalho,
com minha família, entre meus amigos e especialmente perante
aqueles que não conhecem Cristo como seu Salvador. No nome de Jesus
Cristo, meu Salvador e Senhor eu oro. Amém.

.iluminalmal

DEIXE DEUS TER O CONTROLE.


Deixe Deus ter o controleBuscai as coisas [ricas, tesouros eternos] lá do alto, onde Cristo vive... Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra; Fazei, pois, morrer [privai do poder] a vossa natureza terrena [o desejo maligno] (Colossenses 3.1;2,5)


É um desejo natural querer estar no controle de sua vida, contudo, não é um alvo possível.

Assumir que você pode controlar todas as pessoas e situações que surgem em sua vida é uma expectativa irrealista, e isso o levará à frustração e à exaustão. Deus tem um plano abençoado para todas as pessoas, o que inclui uma vida bastante superior a tudo que o mundo possa oferecer, mas atingir isso envolve negar-se a si mesmo. Deus, incansavelmente, combate a carne, nossa natureza humana, e seu alvo é libertar-nos do controle da carne. O processo de abrir mão e desistir do controle pode ser doloroso, mas o resultado final vale a pena. Assim, pare de querer assumir o controle e deixe Deus ser Deus em sua vida.


Penso Que Sempre me Lembrarei Daquela Caminhada

de Max Lucado

Tal como o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos. Mateus 20.28

Que farei então de Jesus?” Pilatos foi o primeiro a fazer essa pergunta, mas desde aquela época ela tem sido feita por todos nós.

Trata-se de unia pergunta justa. Uma pergunta necessária. O que você faria com um homem assim? Chamava a si mesmo de Deus, mas usava trajes de homem. Chamava a si mesmo de Messias, mas nunca comandou um exército. Era considerado rei, mas sua única coroa foi de espinhos. O povo reverenciava-o como membro da realeza, mas seu único manto foi alinhavado com pouco caso.

A perplexidade de Pilatos não causa espanto. Como você explicaria um homem assim?

Uma das maneiras é percorrer um caminho. O caminho dele. O último caminho que ele percorreu. E foi o que fizemos. Acompanhamos seus passos e permanecemos à sua sombra. De Jericó a Jerusalém. Do templo ao jardim. Do jardim ao julgamento. Do palácio de Pilatos à cruz no Gólgota. Observamos sua caminhada. Vimos como ele se indignou no templo, se abateu no Getsêmani, sofreu na Via-Crúcis. E como saiu triunfante do túmulo.

Espero que, ao acompanhar a caminhada de Jesus, você tenha refletido sobre a sua própria, porque todos nós temos de percorrer um caminho até Jerusalém. Nosso próprio caminho para atravessar uma religião inconsistente. Nossa própria jornada pelo caminho estreito da rejeição. E cada um de nós, assim como Pilatos, devemos emitir um veredicto a respeito de Jesus.

Pilatos ouviu a voz do povo e deixou Jesus percorrer a estrada sozinho.

E nós? Faremos o mesmo?

Gostaria de concluir contando as histórias de três caminhadas, três jornadas. As histórias de três escravos... e os caminhos que seguiram rumo à liberdade.

Mary Barbour poderia nos falar da escravidão de primeira mão. Ela se lembrava do amo e da ama. Conseguia descrever a plantação, a senzala de pau-a-pique com os catres. As noites longas. Dias quentes. Chibatadas. Isolamento. Mary Barbour poderia nos contar tudo isso. Mary Barbour foi escrava.

Porém, ela preferia falar sobre liberdade. E foi o que fez.

Em 1935 um funcionário do Projeto Federal de Escritores, um órgão do governo cuja finalidade era registrar histórias de ex-escravos, bateu à sua porta em Raleigh, Carolina do Norte. Mais de duas mil pessoas foram entrevistadas. Estas, as remanescentes dos 246 anos de escravidão nos Estados Unidos, falaram com grande eloqüência.

Contaram que não tinham permissão para ler e escrever nem comprar ou vender mercadorias. Não podiam freqüentar igreja a menos que fossem convidadas. As chibatadas eram comuns. O trabalho pesado era uma realidade.

E quando chegou o momento da liberdade, não estavam preparadas. Perambulavam pelas estradas à procura de trabalho. Foram vítimas de oportunistas. A maioria voltou a trabalhar nas mesmas terras dos tempos da escravidão.

Dentre todas as recordações, a mais vívida e a mais lembrada era a hora da liberdade. A noite em que os ianques chegaram. O dia em que o amo lhes disse que estavam livres. A manhã em que entraram na "casa grande" e a encontraram vazia.

E dentre as histórias de alforria, nenhuma foi tão específica como a de Mary Barbour. Ela contava dez anos de idade na noite em que seu pai a acordou e a levou até uma carroça que os conduziria à liberdade.

Antes de você ler sua história, tente visualizá-la sentada na varanda de sua casa em Raleigh. O ano é 1935. Mary Barbour tem mais de 80 anos. Balança o corpo enquanto pensa, um corpo franzino afundado em uma enorme cadeira. Os dedos frágeis tremem quando ela coça o nariz. Os olhos cansados, porém espertos, fixam-se no infinito como se estivessem contemplando um pedaço de terra no horizonte. Você se encosta na coluna de madeira e ouve sua história.

Uma das primeiras coisas de que me lembro é papai me acordando no meio da noite, vestindo-me no escuro e dizendo-me o tempo todo para ficar calada. Um dos gêmeos choramingou, e papai colocou a mão em sua boca para mantê-lo em silêncio.

Depois de estarmos todos vestidos, ele saiu e deu uma espiada por alguns instantes. Em seguida, voltou e nos pegou. Saímos sorrateiramente da casa e percorremos um caminho no meio da mata. Papai carregava um dos gêmeos e segurava-me pela mão e mamãe carregava as outras duas crianças.

Penso que sempre me lembrarei daquela caminhada, com os arbustos batendo em minhas pernas, o vento soprando nas árvores e as corujas e outros pássaros noturnos empoleirados em árvores enormes, piando e chamando a atenção uns dos outros. Eu ainda estava meio dormindo e andava com o corpo tenso, mas de repente atravessamos a plantação de ameixas e lá estavam as mulas e a carroça. Havia um acolchoado no chão da carroça onde nós, as crianças, nos deitamos. Papai e mamãe subiram na boléia e seguimos pela estrada.

Eu estava com sono, mas também assustada. Enquanto a carroça rodava, ouvia papai e mamãe conversarem. Papai estava contando a mamãe como os ianques chegaram à plantação, queimaram as tulhas, os defumadouros e destruíram tudo. Papai disse em voz baixa que os ianques arrastaram o amo Jordan até as corredeiras perto de Norfolk, e que ele roubou as mulas e a carroça e fugiu.

Vagas lembranças de libertação. Alforria demorada. Seis décadas depois, o vento ainda sopra nas árvores, e as corujas e os pássaros noturnos ainda chamam a atenção uns dos outros na memória de Mary Barbour.

A caminhada rumo à liberdade jamais é esquecida. A trajetória da escravidão até a alforria permanece sempre viva na memória. É mais do que uma simples caminhada, é uma libertação. Quebram-se os grilhões e, talvez pela primeira vez, vêem-se os primeiros raios da liberdade. "Penso que sempre me lembrarei daquela caminhada..."

Você se lembra da sua? Onde se encontrava na noite em que a porta foi aberta? Lembra-se do suave toque da mão do Pai? Quem caminhou a seu lado no dia em que você foi libertado? Você ainda se lembra da cena? Sente a estrada sob seus pés?

Espero que sim. Espero que em sua alma esteja permanentemente registrado o momento em que o Pai tocou em você na escuridão e o conduziu pelo caminho. É uma lembrança incomparável. Porque quando ele nos liberta, sentimo-nos livres de verdade.

Ex-escravos sabem descrever a hora da libertação.

Posso descrever a minha?

Aula de estudos bíblicos em uma pequena cidade no oeste do Texas. Não sei dizer qual o fato mais extraordinário daquele dia: se foi o professor tentando ensinar o livro de Romanos a um grupo de crianças de dez anos ou se foi a lembrança que tenho do que ele disse.

A classe compunha-se de cerca de uma dúzia de alunos em uma pequena igreja. Minha carteira era toda riscada na parte superior e tinha goma de mascar grudada embaixo. Das vinte carteiras ou pouco mais espalhadas na sala, só quatro ou cinco estavam ocupadas.

Sentávamos todos no fundo da classe, orgulhosos demais para demonstrar interesse pela aula. Calças jeans engomadas. Tênis da última moda. O lento pôr-do-sol de verão ilumina a vidraça com seus raios dourados.

O professor era um homem diligente. Ainda vejo sua barriga despontando sob o casaco que ele nem mesmo tenta abotoar. A gravata chega até o meio de seu peito. Ele tem uma verruga preta na testa, tom de voz suave e sorriso bondoso. Apesar de não ter habilidade para lidar com os meninos da geração de 1965, ele não sabe disso.

Suas anotações estão empilhadas debaixo de unia pesada Bíblia de capa preta. Ele está de costas para nós, e seu paletó movimenta-se para cima e para baixo enquanto escreve no quadro-negro. Fala com genuíno entusiasmo. Não é um homem dramático, mas nesta noite ele se mostra fervoroso.

Só Deus sabe por que prestei atenção em suas palavras naquela noite. Seu texto baseou-se no capítulo seis de Romanos. O quadro-negro estava todo rabiscado com palavras compridas e diagramas. Em um determinado momento no qual o professor descrevia como Jesus foi enterrado e ressuscitou, algo estranho aconteceu comigo. A jóia da graça foi levantada e virada, de modo que eu pudesse vê-la por um novo ângulo... e isso me fez perder o fôlego.

Não vi nenhum código de princípios morais. Não vi nenhuma igreja. Não vi os dez mandamentos nem demônios horripilantes. Vi apenas o que aquela garota de dez anos — Mary Barbour — viu. Vi meu Pai entrar em minha noite escura, acordar-me e guiar-me ou melhor, carregar-me — para a liberdade.

"Penso que sempre me lembrarei daquela caminhada."

Eu não disse nada ao professor. Não disse nada a meus amigos. Não tenho certeza se disse algo a Deus. Não sabia o que dizer. Não sabia o que fazer. Mas havia uma coisa que eu sabia com certeza — queria estar com ele.

Contei a meu pai que estava pronto para entregar minha vida a Deus. Ele achou que eu era jovem demais para tomar essa decisão. Perguntou-me o que eu sabia. Respondi que Jesus está no céu e que eu desejava estar com ele. E para meu pai, isso foi o suficiente.

Até hoje pergunto a mim mesmo se meu amor tem sido tão puro como foi naquele primeiro momento. Sinto saudade da pureza de minha fé. Se alguém me tivesse dito que Jesus estava no inferno, eu concordaria em acompanhá-lo. A profissão de fé e o batismo seguiram-se naturalmente, como aconteceu com Mary Barbour ao subir na carroça.

Veja, quando seu Pai chega para libertá-lo da escravidão, você não faz perguntas, apenas obedece. Segura em sua mão. Segue o caminho. Deixa a escravidão para trás. E você não esquece nunca, nunca mesmo.

Mary Barbour não esqueceu. Eu não esqueci. E Tigyne também não.

Tigyne pertencia à tribo Wallamo do interior da Etiópia. Nos anos que antecederam a Segunda Guerra Mundial, alguns missionários levaram a mensagem de Cristo a essa tribo que cultuava Satanás. Tigyne foi um dos primeiros a se converter. Raymond Davis foi o missionário que o conheceu... e o libertou.

Tigyne era um escravo. Sua decisão de seguir a Jesus desgostou seu amo, que impediu Tigyne de freqüentar cultos e aulas de estudos bíblicos. O amo espancava e humilhava Tigyne por causa de sua fé. Mas esse era o preço que o jovem Tigyne estava disposto a pagar.

Havia um outro preço, contudo, que ele não podia pagar. Não tinha condições de comprar sua liberdade. Seu amo contentava-se em receber apenas doze dólares para libertá-lo, mas para aquele escravo que nunca recebera salário, tratava-se de uma quantia exorbitante.

Quando os missionários souberam que a liberdade de Tigyne pode-ria ser comprada, reuniram-se para discutir o assunto, juntaram o dinheiro e pagaram a quantia exigida pelo amo.

Agora Tigyne estava livre — espiritualmente e fisicamente. Nunca teve como pagar sua gratidão aos homens que o libertaram.

Logo após o dia da libertação, os missionários foram expulsos da Etiópia. Raymond Davis só retornou a Wallamo após 24 anos. Durante todo esse tempo Tigyne foi um testemunho vivo do poder da libertação. Queria muito ver Davis novamente.

Ao ouvir falar que seu amigo estava a caminho, resolveu ir até o posto missionário durante vários dias seguidos para esperá-lo. Os dias do calendário e as horas não significavam nada para Tigyne, portanto ele ia diariamente até o posto à espera de Davis.

Finalmente Davis chegou em um automóvel dirigido por um colega missionário.

Quando Tigyne viu o veículo virar a esquina, correu até ele, segurou a mão de Davis e começou a beijá-la repetidas vezes. O motorista reduziu a velocidade do automóvel para que Tigyne pudesse acompanhá-lo. Tigyne corria e gritava a seus amigos: "Vejam! Vejam! Um dos homens que me resgataram está de volta!"

Finalmente o automóvel parou. Davis desceu e Tigyne ajoelhou-se, passou os braços ao redor das pernas do amigo e começou a beijar seus sapatos empoeirados. Davis tomou-o pela mão e levantou-o, e ambos abraçaram-se chorando.

*******

Três ex-escravos. Uni liberto do homem, outro liberto do pecado e o terceiro liberto de ambos. Três caminhadas. Um destino — a liberdade.

Uma caminhada da qual eles nunca se esquecerão.

Penso que sempre me lembrarei daquela caminhada... Oro para que você nunca se esqueça de sua própria caminhada nem da dele: a última caminhada de Jesus de Jerico a Jerusalém. Porque foi nessa caminhada que ele prometeu libertar você.

Sua última caminhada no templo de Jerusalém. Porque foi ali que ele denunciou a religião inconsistente.

Sua última caminhada ao Monte das Oliveiras. Porque foi ali que ele prometeu voltar e levar você para casa.

E sua última caminhada do palácio de Pilatos até a cruz no Gólgota. Descalço, pés ensangüentados, esforçando-se para subir por um caminho estreito de pedras. Tão vívida quanto a dor de carregar a cruz sobre as costas esfoladas é a visão que ele tem de vocês dois caminhando juntos.

Ele conhecia a hora em que poderia entrar em sua vida, em sua choupana escura para acordá-lo e guiá-lo rumo à liberdade.

Mas a caminhada ainda não terminou. A jornada não está completa. Há uma outra caminhada a ser feita.

"Eu voltarei", ele prometeu. E para provar isso, ele rasgou o véu do templo em duas partes e abriu os sepulcros. Ele voltará.

Ele, assim como o missionário, voltará para seus seguidores. E nós, assim como Tigyne, não conseguiremos controlar nossa alegria.

"Aquele que nos resgatou está de volta!" gritaremos.

E então a jornada terminará e tomaremos assento em seu banquete... para sempre.

Espero vê-lo à mesa.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

A DETERMINAÇÃO DA MULHER

A mulher faz toda a diferença


Numa ocasião, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, saiu para jantar com sua esposa, Michelle, e foram a um restaurante não muito luxuoso, porque queriam fazer algo diferente e sair da rotina. Estando sentados à sua mesa no restaurante, o dono pediu aos guarda-costas para aproximar-se e cumprimentar a primeira dama, e assim o fez. Quando o dono do restaurante se afastou, Obama perguntou a Michelle:
_Qual é o interesse deste homem em te cumprimentar?
Michele respondeu:
_Acontece, que na minha adolescência, este homem foi muito apaixonado por mim durante muito tempo.
Obama disse então:
_Ah, quer dizer que se você tivesse se casado com ele, hoje você seria dona deste restaurante?
Michelle respondeu:
_Não, meu querido, se eu tivesse me casado com ele, hoje ele seria o Presidente dos Estados Unidos.
Ao lado de um grande homem sempre tem uma explêndida mulher.

Fonte: E-mail enviado ao grupo Amigas Cristãs

MODA FEMININA, TENDÊNCIAS PRIMAVERA VERÃO







CONFIRA AS ULTIMAS TENDÊNCIAS PRIMAVERA VERÃO.

10 motivos para beber leite todos os dias

10 motivos para beber leite todos os dias

Além de gostoso e prático, o leite também é saudável

aumentar fonte diminuir fonte imprimir
Reprodução de internet - http://saude.abril.com.br

O leite é um alimento com um balanço nutricional único: contêm proteínas,
carboidratos e minerais. De acordo com a nutricionista Ana Beatriz Barrella,
da consultoria RG Nutri, o teor de água do leite é de 90%, e a diluição desses
nutrientes no meio líquido faz com que o conjunto nutricional da bebida
seja melhor do que os nutrientes isolados. "Um dos motivos que a
recomendação
do cálcio diário seja dada por meio do leite é porque toda essa
composição facilita a absorção do cálcio pelo organismo",
informa Ana Beatriz.

Ainda segundo a nutricionista, adequar a quantidade de três porções
de cálcio diárias recomendadas pelo Guia Alimentar para a População
Brasileira, do Ministério da Saúde, pode trazer benefícios à sua saúde.
Por isso, segue uma dezena de bons motivos para beber leite:

1) Leite ajuda a emagrecer - o consumo da bebida pode ajudar também
no processo de perda de peso e, com isso, prevenir problemas como
a obesidade. Estudos mostram que populações de diferentes faixas etárias
que consomem leite são mais magras e menos predispostas a obesidade.
Além disso, programas de emagrecimento com dietas ricas em leite
apresentam maiores taxas de perda de peso, quando comparadas a
dietas pobres neste alimento.

2) Leite hidrata - o leite é constituído por 90% de água e também eletrólitos.
Uma pesquisa da Universidade Loughborough School of Sports and
Exercise Sciences, do Reino Unido, concluiu que o leite magro produz
uma significativa melhora na reidratação após atividade física em
comparação com outras bebidas, como água e alguns sucos de frutas.

3) Leite ajuda no controle da diabetes - Estudos recentes mostram
que o leite pode ser um importante coadjuvante no tratamento e
prevenção deste problema. O alto teor de aminoácidos das proteínas
do soro do leite, pode afetar os processos metabólicos do organismo,
favorecendo o controle da glicemia e a ação da insulina e,
dessa forma, podem atuar positivamente no controle das taxas de
açúcar no sangue.

4) Leite ameniza as cólicas menstruais - um estudo realizado na
Jordânia afirmou que adolescentes que consumiam três porções de cálcio ,
por dia, sentiam menos dores pelas contrações do que as que não
consumiam, porque o cálcio participa nos processos de contração
e de relaxamento muscular. O estudo sugere que sem o cálcio,
o músculo permanece contraído por um maior tempo, causando dores.

5) Leite é a maior e melhor fonte de cálcio: o leite representa a maior

onte alimentar deste mineral com uma excelente facilidade para
ser absorvido biodisponibilidade. O cálcio presente no leite
é fundamental para o crescimento e manutenção dos ossos e dentes.

6) Leite é um alimento completo e versátil: Além de conter proteínas,
carboidratos, lipídeos, vitaminas e minerais, o leite é um ingrediente
fundamental da gastronomia. Participa, sem receio, de um grande
número de receitas clássicas e triviais do dia-a-dia e é bem aceito
pelas crianças.

7) Leite é um alimento seguro: Atualmente, a segurança do leite é
garantida pelo processo UHT (Ultra High Temperature) utilizado
nas embalagens longa vida, que emprega altas temperaturas durante
o tratamento da bebida, o que impede a sobrevivência e o crescimento
de microorganismos.

8) Leite contém proteínas de alto valor biológico:
as proteínas do leite, incluindo as proteínas do soro,
além de seu alto valor biológico, possuem peptídeos bioativos,
que atuam como agentes antimicrobianos, anti-hipertensivos,
reguladores da função imune, assim como fatores de crescimento.

9) Leite ajuda a dormir melhor - O leite é considerado um boa fonte
de triptofano, que é um aminoácido essencial e indutor do sono .
em casos de insônias leves e moderadas.
Esse aminoácido é precursor da serotonina, que atua
como um sedativo natural no cérebro humano.
É por isso que para a insônia recomenda-se um copo de leite,
morno antes de dormir.

10) Leite é fundamental em todas as faixas etárias: o consumo do cálcio
presente no leite traz benefícios para as pessoas em todas as faixas etárias.
Para as crianças proporciona o crescimento saudável de ossos e dentes;
para os adultos garante uma boa quantidade de massa óssea;
para as gestantes é fundamental na formação do feto; e para os idosos
evita a perda de massa muscular e óssea decorrente da idade avançada.
FONTE mundoela.

Atividades aeróbicas podem beneficiar pessoas com artrite?

Fábio Cortez/DN/D.A Press - 21/092010

Pesquisadores da Universidade de Grenoble, na França, detectaram que pacientes com artrite reumatoide que fazem exercícios aeróbicos regularmente podem apresentar uma melhoria na função física, menos dores nas juntas e melhor qualidade de vida. O estudo ajuda a desfazer o mito de que a prática de exercícios pode piorar as dores associadas a essa doença inflamatória das articulações.

A pesquisa levou em conta 14 estudos, com 1040 pacientes entre 44 e 68 que sofriam de artrite de 1 a 16 anos. Desses, 510 faziam exercícios e os outros 530 eram sedentários. A análise verificou que pacientes com artrite reumatoide estável podem se beneficiar de exercício aeróbico regular.

Segundo os pesquisadores, em artigo publicado na edição e julho da revista Arthritis Care & Research, “O condicionamento cardiorrespiratório parece seguro e seus efeitos, mesmo pequenos, ajudam a reduzir a dor nas juntas e melhorar a função fisiológica”.
leia maishttp:dicas-saude-beleza.


PALAVRA DO DIA.

BEM SEI EU QUE TUDO PODES.

1) ENTÃO respondeu Jó ao SENHOR, dizendo:JÓ 42.
2) Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.
3) Quem é este, que sem conhecimento encobre o conselho? Por isso relatei o que não entendia; coisas que para mim eram inescrutáveis, e que eu não entendia.
4) Escuta-me, pois, e eu falarei; eu te perguntarei, e tu me ensinarás.
5) Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos.
6) Por isso me abomino e me arrependo no pó e na cinza.
7) Sucedeu que, acabando o SENHOR de falar a Jó aquelas palavras, o SENHOR disse a Elifaz, o temanita: A minha ira se acendeu contra ti, e contra os teus dois amigos, porque não falastes de mim o que era reto, como o meu servo Jó.
8) Tomai, pois, sete bezerros e sete carneiros, e ide ao meu servo Jó, e oferecei holocaustos por vós, e o meu servo Jó orará por vós; porque deveras a ele aceitarei, para que eu não vos trate conforme a vossa loucura; porque vós não falastes de mim o que era reto como o meu servo Jó.
9) Então foram Elifaz, o temanita, e Bildade, o suíta, e Zofar, o naamatita, e fizeram como o SENHOR lhes dissera; e o SENHOR aceitou a face de Jó.
10) E o SENHOR virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o SENHOR acrescentou, em dobro, a tudo quanto Jó antes possuía.
11) Então vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram acerca de todo o mal que o SENHOR lhe havia enviado; e cada um deles lhe deu uma peça de dinheiro, e um pendente de ouro.
12) E assim abençoou o SENHOR o último estado de Jó, mais do que o primeiro; pois teve catorze mil ovelhas, e seis mil camelos, e mil juntas de bois, e mil jumentas.
13) Também teve sete filhos e três filhas.
14) E chamou o nome da primeira Jemima, e o nome da segunda Quezia, e o nome da terceira Quéren-Hapuque.
15) E em toda a terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos.
16) E depois disto viveu Jó cento e quarenta anos; e viu a seus filhos, e aos filhos de seus filhos, até à quarta geração.
17) Então morreu Jó, velho e farto de dias.

DEVOCIONAL.

Quarta-feira, 29 de Setembro, 2010

VERSÍCULO:

Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega
para a luz, a fim de não serem argüidas as suas obras. Quem pratica
a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam
manifestas, porque feitas em Deus.

João 3:20-21

PENSAMENTO:

A verdade é vista no seu efeito e naquele que a busca. Vamos
viver como filhos da luz e buscar o Pai que habita em luz
inacessível e gloriosa para que possamos ser a luz do mundo.

ORAÇÃO:

Pai de toda luz celestial, peço que me corrija gentilmente ao
colocar minhas imperfeições, fracassos e pecados na sua presença.
Perdoe-me e limpe-me pelo sangue de Jesus para que possa ser sem
mancha e santo perante o Senhor. Senhor, não quero ser apenas
perdoado. Quero ser útil para o Senhor e sua igreja. Ajude-me a
achar meu caminho para ser útil. Em nome de Jesus eu oro. Amém.

.iluminalma.

A BELEZA DE JESUS CRISTO.

Em Cantares 5.16 lemos: "...ele é totalmente desejável". Isso não pode ser dito

A respeito de nenhum outro a não ser de Jesus Cristo. Qualquer outra grandeza é corrompida

por pequenez, qualquer outra sabedoria é arrasada por tolice, qualquer outra bondade

vem maculada por imperfeição. Jesus Cristo é o único do qual se pode afirmar que nEle tudo

é amável e belo.

Sua beleza reside em Sua perfeita humanidade. Ele se identificou conosco em tudo,

exceto com nosso pecado e com nossa natureza má. Ele teve de crescer fisicamente –

como nós – mas Ele também cresceu na graça. Ele trabalhou, chorou, orou e amou.

Em todas as coisas Ele foi tentado como nós – mas permaneceu sem pecado.

Como Filho de Deus, Ele entra em nossa vida no século XX de maneira tão simples e natural

como se tivesse morado em nossa rua. Ele é um dos nossos em tudo. Ele entra em uma vida

cheia de pecado assim como um rio limpo e transparente lança suas águas em um lago parado. O rio não teme a contaminação, é ele que limpa o lago com sua força.

Cristo também possui perfeita compaixão. Pensemos apenas no "rebanho sem pastor"

ou na viúva enlutada de Naim. Será que alguma vez você viu Jesus procurando pessoas que "

mereciam" que Ele se compadecesse delas? Dele está escrito simplesmente que: "...

compadeceu-se dela e curou os seus enfermos" (Mt 14.14b).

Que glória reside em sua misericórdia! Naquela época significava contaminação a aproximação

com os pobres leprosos, mas o contato com a mão de Jesus os curava e purificava.

A perfeita humildade de Jesus Cristo é extremamente amável. Ele, o único que poderia

ter escolhido como desejava nascer, entrou nesta vida como um dentre muitos. Ele disse:

"...no meio de vós, eu sou como quem serve" (Lc 22.27b),

e está escrito que Ele

"deitou água na bacia e passou a lavar os pés aos discípulos e

a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido" (Jo 13.5). E também está

escrito que Ele "quando ultrajado, não revidava com ultraje" (1 Pe 2.23).

Jesus Cristo também possui perfeita mansidão. Como Ele é meigo, mas também fiel,

altruísta e devotado. Quando falou com a mulher calada, desesperada, depois que

os seus acusadores foram se retirando um por um, toda a Sua amável mansidão se mostrou.

Até na hora da Sua morte, Ele ouviu o clamor de uma fé em desespero. Antigamente,

quando os vencedores voltavam das guerras, traziam seus prisioneiros mais importantes,

como troféus de vitória. Para Jesus Cristo foi suficiente chegar ao céu,

trazendo a alma de um ladrão.

Finalmente, olhemos para Seu perfeito equilíbrio interior. Ainda poderíamos falar

muito sobre Sua dignidade, sua varonilidade, sobre Sua coragem.

Nele se unem traços de um caráter perfeito e formam um equilíbrio maravilhoso.

Sua mansidão nunca é delicada demais, sua coragem jamais é bruta.

Ele não é totalmente desejável?

Você quer aceitá-lO como Salvador pessoal e igualmente descobrir Sua glória?

Ele próprio disse: "Em verdade, em verdade vos digo:

quem crê em mim tem a vida eterna" (Jo 6.47). (Dr. C. I. Scofield -

Publicado anteriormente Chamada da Meia-Noite, agosto de 1998.


terça-feira, 28 de setembro de 2010

Photobucket
QUANDO O JUSTO SOFRE
“Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e era este homem íntegro, reto e temente a Deus e desviava-se do mal. E nasceram-lhe sete filhos e três filhas. E o seu gado era de sete mil ovelhas, três mil camelos, quinhentas juntas de bois e quinhentas jumentas; eram também muitíssimos os servos a seu serviço, de maneira que este homem era maior do que todos os do oriente. E iam seus filhos à casa uns dos outros e faziam banquetes cada um por sua vez; e mandavam convidar as suas três irmãs a comerem e beberem com eles. Sucedia, pois, que, decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó, e os santificava, e se levantava de madrugada, e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles; porque dizia Jó: Talvez pecaram meus filhos, e amaldiçoaram a Deus no seu coração. Assim fazia Jó continuamente. E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. Então o Senhor disse a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, e disse: De rodear a terra, e passear por ela. E disse o Senhor a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal.” JÓ 1: 1-8

Estes são os primeiros versículos de uma linda história bíblica, mas ao lermos todo o livro de Jó, tiraremos dele muitas lições que Deus usará para nos orientar ao longo de nossas vidas. Jó, embora fosse um homem tão de Deus que até mereceu um elogio particular e de destaque por parte do Senhor na Bíblia, passou por grandes sofrimentos físicos e emocionais, perdeu tudo o que tinha, inclusive toda a família, porém jamais blasfemou contra seu Deus. Murmurou, questionou como muitas de nós fazemos, mas manteve-se fiel a Ele e sua vitória foi com sabor de mel. Veja o final como foi: “E o Senhor virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o Senhor acrescentou, em dobro, a tudo quanto Jó antes possuía. E depois disto viveu Jó cento e quarenta anos; e viu a seus filhos, e aos filhos de seus filhos, até à quarta geração. Então morreu Jó, velho e farto de dias.” JÓ 42: 10 e 17

O QUE TEM VALOR NESTA VIDA?

Um fato triste ocorrido em minha família há alguns dias tem me feito refletir sobre a importância que damos a algumas coisas. O falecimento de Márcio, meu cunhado de apenas 30 anos, pegou a todos de surpresa, pois era um homem forte, saudável e jovem. A gripe suína foi confirmada nos exames e graças a Deus, somente ele foi contaminado. Homem de Deus, obreiro incansável, assíduo nos cultos da Igreja, orava pelos enfermos, era fiel nos dízimos e ofertas, fazia campanhas de oração e de jejuns, era humilde, tinha muita fé, era submisso aos seus pastores, ótimo marido, ótimo pai... enfim, vivia conforme DEUS nos aconselha em sua Palavra, mas Jesus o quis bem juntinho dele.

Se ele não fosse um homem de Deus teria sido diferente? Sim, mas teria sido muito pior, porque aquele que não está com sua vida no altar de Deus, sofre infinitamente mais, principalmente porque sabe que não vai para um bom lugar, muitas vezes tem consciência das coisas ruins que semearam e que estão bem distantes do coração de Deus, mas o orgulho ou a cegueira não o deixam consertar isto enquanto há tempo. Como Jó, Márcio passou por dias difíceis, mas jamais blasfemou durante a sua dor e sempre reconheceu a soberania de Deus em tudo o que acontecia. A vontade do Pai era o que lhe importava e a sua própria vontade não importava tanto para ele.

Além do mais, o consolo que Deus dá à viúva, aos filhos, aos pais, familiares e amigos que também servem a Ele, é infinitamente maior. Não estamos desesperados, nem nos sentimos desamparados ou desprotegidos pelo Senhor. Um homem ou mulher de Deus, quando está no deserto, tem a certeza de que o Senhor está lá com ele e de que Ele sabe muito bem o que está fazendo. Em momento algum murmuramos contra o Senhor, por Ele ter permitido isto. Simplesmente aceitamos a sua vontade, além do mais sabemos que o lugar de um homem de Deus depois que morre, é juntinho do Senhor. Aleluia!

Quando passamos por situações desse tipo é comum pensarmos no que realmente tem importância em nossas vidas. Pequenos gestos que antes nem dávamos importância, hoje passam a ter muito mais valor aos nossos olhos, como pedir perdão a quem ferimos, orar um pouco mais, cantar hinos ao Senhor, ser mais honestos, elogiar as boas atitudes de alguém, ser mais humildes e menos arrogantes, medir as palavras que lançamos ao irmão, fugir da “roda dos escarnecedores”, ajudar alguém que precisa, abraçar mais os nossos filhos, esposos, pais, irmãos, amigos, colaborar mais nos trabalhos da Igreja.... Enfim, tudo o que vale a pena de fato, só procuramos fazer no momento em que nos vemos em risco de vida, o que é uma realidade muito triste. Passamos uma vida inteira cometendo “pequenos” erros, que para Deus são grandes, são graves e comprometem sim a nossa salvação. Basta ler a Bíblia para saber que isto é uma verdade. Você tem lido a Bíblia?

Amadas, devemos repensar diariamente sobre nossos conceitos, devemos nos preparar espiritualmente, consertar nossos altares, pedir ao Senhor que nos mostre nossos defeitos e consertá-los, limpar nossos corações de tudo o que nos afasta da comunhão com Deus e viver como se a volta de Cristo fosse hoje.
Assim diz o Senhor, em

Mateus 24:42-44 “Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor; sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.”
fontemulhercristã

DEVOCIONAL.

Terça-feira, 28 de Setembro, 2010

VERSÍCULO:

Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.

-- 1 Coríntios 2:14

PENSAMENTO:
O Espírito Santo é o presente vivo de Deus, o selo e promessa de Deus. O Espírito é nossa segurança de que o que Deus começou com a morte sacrificial de Jesus e nossa participação nela através de fé e batismo, Ele completará com a volta de Jesus. Mas o mundo não pode entender esta grande promessa, assim como não pode entender muitas Escrituras. Sem o dom do Espírito Santo. Seus olhos só enxergam o que podem tocar com as mãos e não podem enxergar totalmente a verdade que está no coração de Deus e revelada na Sua Palavra.

ORAÇÃO:
Pai, agradeço-lhe por ter enviado Jesus. Jesus, agradeço-lhe por enviar o Espírito. Espírito, agradeço-lhe por nunca me abandonar. Assim como estou cheio do Espírito, ó Senhor, encha-me
mais e mais até que minha vontade e minha vida reflitam mais perfeitamente seus desejos e caráter. Use-me para abençoar outros, assim como a sua presença me abençoa agora. Em nome de Jesus eu oro. Amém. [*** Seu apoio ao site por meio das visitas aos anunciantes está fazendo uma grande diferença. Por favor, continue!Precisamos da sua ajuda todos os dias.]
FONTE ILUMINA.

O TEMPO DO FIM.

Arcebispo de Cantuária não vê problema em bispos homossexuaisPerguntas incómodas levam arcebispo a abrir feridas na Igreja Anglicana, em torno do difícil tema da sexualidade dos religiosos.


O arcebispo de Cantuária, Rowan Williams, líder espiritual dos anglicanos em todo o mundo, está sob intensas críticas públicas após ter admitido numa entrevista ao jornal The Times que bispos homossexuais não serão um problema, desde que não tenham relações sexuais. Esta questão poderá abrir novas divisões no interior da comunidade anglicana, de 70 milhões de pessoas, e dificultar o diálogo ecuménico com Roma.

Na semana passada, o arcebispo Rowan Williams recebeu o Papa Bento XVI em Londres, em mais um passo na aproximação entre católicos e anglicanos.

Na polémica entrevista, o arcebispo sofre uma barragem de perguntas incómodas sobre a sexualidade. Embora tente evitar as questões, entra progressivamente em terrenos de controvérsia. Questionado sobre um texto seu em que considera não haver problema no sexo de casais homossexuais, o líder dos anglicanos responde com uma evasiva.

Sobre os bispos homossexuais, admite não haver problema, desde que não haja sexo. A pergunta seguinte refere-se a um bispo homossexual [Jeffrey John] celibatário, e Rowan Williams tem grande dificuldade em explicar a forma como recusou apoiar este religioso em 2003, quando John foi forçado a não aceitar uma nomeação. A pergunta final é a mais dramática. O jornalista pergunta se o arcebispo espera que a Igreja Anglicana tenha no futuro bispos homossexuais com parceiros. Williams responde apenas: "passo".

Recentemente, a propósito do escândalo de pedofilia, o arcebispo de Cantuária tinha feito afirmações polémicas sobre a igreja católica irlandesa, acabando depois por suavizar as declarações.

No recente encontro com o Papa Bento XVI, o diálogo entre os dois líderes da igreja correu de forma considerada pelos observadores como cordial. O arcebispo lembrou que as duas igrejas não procuram "controlo político ou o domínio da fé cristã na esfera pública; mas a oportunidade para testemunhar, para argumentar, por vezes para protestar, por vezes para afirmar, para participarmos nos debates públicos das nossas sociedades". A igreja de Inglaterra viveu nos últimos anos um conflito interno em torno do celibato dos religiosos, ordenação de mulheres e homossexualidade. E as divisões têm aumentado.

NOS , A IGREJA DO DEUS VIVO ESTAMOS DE PARTIDA PARA O CÉU , TUDO NOS MOSTRA QUE .

CRISTO JA VOLTA. SODOMA E GOMORRA NÃO ERA NADA COMPARANDO AOS NOSSOS DIAS,

E OS DIAS DE NOE : COMIAM BEBIAM CASAVAM E DAVAM-SE EM CASAMENTO .MATEUS 24.

QUANDO EU ERA CRIANÇA NOS ASSENBLEIANOS , CANTÁVAMOS UM HINO DIZENDO ASSIM ;

ESTA CHEGANDO A HORA DE PARTIR PREPARA TE O IGREJA PARA SUBIR, VIGIA SEMPRE FIRME EM ORAÇÃO , E TEMPO DE REAL CONSAGRAÇÃO. JESUS EM BREVE VEM DOS CÉUS COM GLORIA MAJESTADE E PODER , VIGIA OH IGREJA DE JESUS !!! QUE DIA GLORIOSO AH DE SER.

PREPARA-TE JESUS VEM!!!!

PALAVRA DO DIA: ISAÍAS 61

1 O ESPÍRITO do Senhor Deus está sobre mim; porque o Senhor me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;2 A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes;3 A ordenar acerca dos tristes de Sião que se lhes dê glória em vez de cinza, óleo de gozo em vez de tristeza, vestes de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantações do Senhor, para que ele seja glorificado.4 E edificarão os lugares antigamente assolados, e restaurarão os anteriormente destruídos, e renovarão as cidades assoladas, destruídas de geração em geração.5 E haverá estrangeiros, que apascentarão os vossos rebanhos; e estranhos serão os vossos lavradores e os vossos vinhateiros.6 Porém vós sereis chamados sacerdotes do Senhor, e vos chamarão ministros de nosso Deus; comereis a riqueza dos gentios, e na sua glória vos gloriareis.7 Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria.8 Porque eu, o Senhor, amo o juízo, odeio o que foi roubado oferecido em holocausto; portanto, firmarei em verdade a sua obra; e farei uma aliança eterna com eles.9 E a sua posteridade será conhecida entre os gentios, e os seus descendentes no meio dos povos; todos quantos os virem os conhecerão, como descendência bendita do Senhor.10 Regozijar-me-ei muito no Senhor, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas jóias.11 Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o jardim faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor Deus fará brotar a justiça e o louvor para todas as nações.

O GRANDE AMOR DE DEUS

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo
  • Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16
    Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele. 1 João 3:1
    Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. João 1:10
    Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro. 1 João 4:19
    Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. 1 João 5:4
    Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. João 3:17
    Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; 1 Coríntios 1:27
    Ele mesmo julgará o mundo com justiça; exercerá juízo sobre povos com retidão. Salmos 9:8
    No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. João 1:29
    Ouvi, meus amados irmãos: Porventura não escolheu Deus aos pobres deste mundo para serem ricos na fé, e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam? Tiago 2:5
    E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre. 1 João 2:17
    Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. 1 João 4:4
    Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus. Tiago 4:4

Qual Seu Tipo De Metabolismo?

Qual Seu Tipo De Metabolismo?

"Saber se você precisa de mais carboidrato ou proteína faz toda a diferençana dieta"

Há meses você come só uma lasquinha de pão por dia na tentativa de perder peso e nada – a balança não dá o mínimo sinal de que o esforço está valendo a pena. Então preste atenção: seu metabolismo pode ser do tipo carboidrato. Quer dizer que seu organismo precisa de porções mais generosas desse nutriente para funcionar bem e, assim, queimar os estoques de gordura com mais facilidade. Sim, você pode comer pão e massa sem culpa. Seu tipo metabólico é proteína? Nesse caso, carnes e leguminosas devem ser prioridade no seu cardápio. Ainda existe o tipo misto, que pede proteína e carboidrato quase na mesma proporção. A gordura também é importante na quantidade adequada para o seu tipo metabólico.leia mais na pagina dicas saúde e beleza.
NA NOVA PAGINA DESTE BLOG. DICAS DE SAÚDE BELEZA.

Ser Idoso... ou ser Velho?

Orkutei.com.br

Você é idoso quando se pergunta se vale a pena; você é velho quando,em pensar, responde não.

Você é idoso quando sonha; você é velho quando apenas dorme.Você é idoso quando ainda aprende; você é velho quando já nem ensina.
Você é idoso quando se exercita; você é velho quando apenas descansa.
Você é idoso quando ainda sente amor; você é velho quando só sente ciúmes.
Você é idoso quando o dia de hoje é o primeiro do resto de sua vida;
você é velho quando todos os dias parecem o último de sua jornada.
Você é idoso quando o seu calendário ainda tem amanhãs; você é velho quando
ele só tem ontem.
O idoso se renova a cada dia que começa, pois tem seus olhos,
postos no horizonte, de onde o sol desponta e ilumina a esperança;o velho
se acaba a cada dia que termina, com a sua miopia voltada para os sonhos do passado.
O idoso tem planos; o velho tem saudades.
O idoso curte o que lhe resta da vida; o velho sofre o que o aproxima da morte.
O idoso leva uma vida ativa, plena de projetos e prenhe de esperanças.
Para ele o tempo passa mais rápido, mas a velhice nunca chega.Para o velho
, suas horas se arrastam destituídas de sentido.
As rugas do idoso são bonitas porque são marcadas pelo sorriso;
as rugas do velho são feias porque são vincadas pela amargura.
Em suma, idoso e velho podem ter a mesma idade no cartório,
mas têm idades diferentes no coração. Que você, idoso, viva uma longa
vida, mas nunca fique velho.Por: Márcio Pereira

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...