segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A Maneira de Dizer as Coisas

Certa vez um sultão sonhou que havia perdido todos os dentes. Logo que despertou, mandou chamar um adivinho para que interpretasse o seu sonho:

- Que desgraça, senhor! Exclamou o adivinho. – Cada dente caído representa a perda de um parente de vossa majestade.

- Mas que insolente – Gritou o sultão, enfurecido. Como te atreves a dizer-me tal coisa? Fora daqui!

Chamou os seus guardas e lhe ordenou que lhe dessem cem açoites.

Mandou que trouxessem outro adivinho e lhe contou sobre o sonho. Este, após ouvir o sultão com atenção, disse-lhe:

- Excelso senhor! Grande felicidade vos está reservada. O sonho significa que haveis de sobreviver a todos os vossos parentes.

A fisionomia do sultão iluminou-se num sorriso, e ele mandou dar cem moedas de ouro ao segundo adivinho. E quando este saia do palácio, um dos guardas lhe disse admirado:

- Não é possível! A interpretação que você fez foi a mesma que o outro adivinho havia feito. Não entendo porque o primeiro ele pagou com cem açoites e a você com cem moedas de ouro.

E respondeu-lhe o homem:

- Por certo, meu amigo, que ambos dissemos a mesma coisa. Porém, a diferença está na maneira, na forma, como eu disse a interpretação do sonho para ele…Lembre-se, meu amigo, que tudo depende da maneira como dizemos as coisas para os outros…

(Autor Desconhecido)

Lembre-se que uma palavra, apenas uma, tem o poder de neutralizar ou explodir qualquer situação, e dependendo da forma como tudo é dito, as pessoas podem se ferir ou receber cada palavra de uma forma mais leve. Não torne as coisas mais difícieis do que já são. Seja mais doce com você e com os outros. Fomos comprados por Jesus para vivermos em união.

“A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira”. Provérbios 15:11

Fonte: Tresina Gospel

MONTE O SANDUÍCHE QUE NÃO DETONA SUA DIETA!

O sanduíche é uma maneira rápida de se alimentar principalmente quando a correria do dia a dia não permite que almoçamos e/ou jantamos como se deveria – e com calma. Desta forma, saiba optar pelos lanches mais saudáveis e bem saborosos! Quem dá a sugestão é a nutricionista Dra. Roseli Rossi, Especialista em Nutrição da Clínica Equilibrio Nutricional. Aproveite, é uma delícia! Site: www.equilibrionutricional.com.br

Para muitas pessoas um lanchinho leve às vezes substitui uma refeição. É prático, rápido, versátil, gostoso e pode ser muito saudável. Mas, o que muitas delas não prestam atenção é que ele, dependendo dos ingredientes, pode se tornar terrível para a saúde e boa forma. Assim, saber escolher e montar seu sanduíche pode fazer dele um aliado ao invés de vilão. Além disso, mesmo sabendo escolher e montar os lanches, o ideal é que não se substitua uma refeição por um sanduíche com frequência, pois o ideal é incluir todos os grupos de alimentos nas refeições como carboidratos, proteínas, legumes, grãos e, muitas vezes, isto não é possível com os lanches. Por isso, trocar uma refeição completa por um lanche é um hábito que deve ser colocado em prática esporadicamente.

O carboidrato perfeito!

Ele que é tido como o vilão de qualquer dieta, o carboidrato merece atenção pelo fato de existirem hoje no mercado inúmeras opções como os pães de linhaça, quinua, cevada, grãos variados, aveia, cenoura, preto, de leite, de milho, integral. Por que? São mais ricos em fibras ajudando no controle de peso, funcionamento intestinal e saciedade. Evite: pão francês, ciabatta, hambúrguer, de leite, milho e qualquer outro só com farinha branca. As melhores opções dentre eles são:

* linhaça
* quinua
* grãos
* aveia
* integral
* integral s/ glúten

A proteína certa!

A proteína adequada para o sanduíche que equivale a uma refeição deve ser uma proteína de qualidade como salmão grelhado, atum, frango, ovos. Estas são as mais saudáveis, ricas nutricionalmente e menos calóricas. Os hambúrgueres, salsichas, embutidos são recheados de gorduras saturadas, sódio e pobres em nutrientes como proteínas e vitaminas. Opte por:

* filé/peito de frango grelhado
* peixe (atum, salmão)
* ovos mexidos
* peito de peru
* carnes bovinas magras
* tofu

Acompanhamentos. Pode?

Os queijos e molhos merecem muita atenção. Dependendo das escolhas dos queijos (mussarela, queijo minas, cheddar, brie, de búfala) pode detonar o recheio do seu sanduíche, pois os amarelos são os mais ricos em gorduras saturadas que prejudicam a saúde e são mais calóricos. Mesmo os brancos como a mussarela de búfala e o queijo minas também são ricos em gorduras, pois não são lights. Os molhos como maioneses, rosê, tártaro, catchup são compostos basicamente de gorduras saturadas, muito sódio e ainda substâncias químicas, desta forma, em nada contribuem para a saúde e a boa forma. Assim, dentre estes tipos de acompanhamentos escolha um deles, pois eles devem estar presentes no seu lanche apenas para dar um “toque”:
Queijos
* ricota
* cottage
* tofu
*queijo minas light

Molhos
* vinagrete
* de tomate

Vegetais
folhas verdes: alface, rúcula, espinafre, agrião, acelga, escarola.
legumes e vegetais coloridos crus ou cozidos : tomate, pepino, cenoura, palmito, beterraba.

Cuidado com o “natural”

Muitos sanduíches são nomeados de "naturais", porém, ao contrário do que se imagina, analisando bem os ingredientes, podem ser mais calóricos e gordurosos do que um tradicional. Os molhos geralmente são à base de maionese, requeijão os quais são ricos, além de gorduras, em sódio. Os molhos à base de iogurtes com ervas são os mais indicados. Também cuidado com as misturas, pois junta-se frango com milho, ervilha, uvas passas mais o molho com maionese, essas combinações, ao final, tornam-se bem calóricas. Melhor ler os rótulos quando comprar seu sanduíche pronto ou na hora de montar escolha apenas um acompanhamento.

Sanduíche sempre com salada!

Uma estratégia para deixar um sanduíche mais gostoso, nutritivo e menos calórico é investir nas saladinhas como alface, rúcula, acelga, espinafre, tomate, cenoura ralada, beterraba, berinjela e outros. Além de enriquecerem com mais fibra e vitaminas seu sanduíche, ainda preenchem dando mais “volume” no recheio. Por isso, caso não dê para comer um prato de salada antes do sanduíche, coloque os legumes e folhas no recheio!

MONTE O SEU SANDUÍCHE SAUDÁVEL

INGREDIENTES

Pão de forma integral - 50 g - 2 fatias
Atum natural light - 70 g - 1 pacote
Requeijão light - 30 g - 1 colher sopa cheia
Alface crespa crua - 20 g - 1/4 prato mesa
Cenoura inteira crua - 12 g - 1/2 unidade média
Salsinha crua - 16.89 g - 1 colher de sopa
Orégano fresco - 2.75 g - 14 ramo
Azeite de oliva extra virgem - 2.5 ml - 1/4 colher sopa

MODO DE PREPARO

Higienize os legumes, rale a cenoura, fatie o tomate, pique a salsinha e reserve. Misture o requeijão com o atum e os legumes até formar uma pasta. Acrescente azeite e o orégano. Cubra as fatias do pão com esta pasta, acrescente as folhas de alface e feche o sanduíche.

Peso médio: 255 g
Calorias: 305,26
Proteínas: 24,29 g
Lipídios: 9,42 g
Colesterol: 14,00 mg
Carboidratos: 34,41 g
Fibras: 6,58 g

Fotos: Reprodução
por Celia Pardi

FONTE TERRA

Watch the Issa London Fashion Week catwalk show below:



To watch more, visit www.t5m.com

PERTO E LONGE.

Tão perto e, ainda assim, tão longe

Como professor de Bíblia e teologia a serviço de uma organização evangelística, tive a oportunidade de ouvir muitos testemunhos pessoais. Durante esses 26 anos de trabalho no Instituto Bíblico Palavra da Vida nos EUA, impressionou-me a quantidade de alunos que, apesar de terem nascido num contexto familiar de crentes em Cristo, só vieram a crer em Jesus bem mais tarde em sua vida. O assunto ressoa mais forte aos meus ouvidos, porque essa também foi a minha história. Eu nasci em Halifax, Nova Escócia, numa família de crentes consagrados a Cristo. Porém, à semelhança dos antigos israelitas, eu lutava com o problema da incredulidade.

Não consigo me lembrar de uma única vez em que eu, meus irmãos e minha irmã não estivéssemos vestidos, penteados e prontos para nossa caminhada dominical rumo à igreja, a fim de participar de um dos cultos. E lá íamos nós para a igreja. Além disso, o papai, não satisfeito de participar de todos os cultos de nossa igreja, sempre que havia algum culto especial em outra igreja levava a família toda.

Ficamos sem carro durante muitos anos e para mim era uma tortura perder a melhor parte dos meus domingos numa caminhada de 20 ou 30 minutos para a igreja. Finalmente, quando conseguimos um carro, a minha alegria durou pouco. Meu pai começou um ministério de transporte com ônibus, numa época em que isso ainda não era comum nas igrejas. Nós passávamos de ônibus para pegar as pessoas em nosso trajeto para a igreja e, em seguida, o papai ainda fazia algumas viagens adicionais para transportar mais famílias para o culto. Com isso, tínhamos que sair de casa mais cedo do que antes, quando íamos a pé.

Mesmo conhecendo o Evangelho, algumas pessoas escolhem outros caminhos, como o álcool, que destroem famílias e despedaçam vidas.

Seria ótimo se eu pudesse justificar a minha rejeição do Evangelho, alegando que nunca me fora pregado, mas esse não era o caso. Culto após culto, eu pude ouvir as verdades simples do plano da salvação: a de que eu era um pecador perdido e que Jesus é Deus, o qual vindo ao mundo, levou sobre Si os meus pecados e recebeu o castigo em meu lugar a fim de me libertar da condenação e perdição eterna.

No começo, eu ia à frente, na hora do apelo do pregador, para aceitar Jesus como meu Salvador, pelo menos uma vez por mês. Mas parece que nunca isso, de fato, acontecia. Eu era tão velhaco que tinha plena consciência de que meu relacionamento com Deus era péssimo. Parece que nunca me convertia; na verdade, eu nunca tinha nascido de novo em Cristo.

Como muitos dos testemunhos que ouvi, eu simplesmente me tornei cada vez mais frio em relação ao Senhor. Passei a odiar a Fé Cristã e tudo o que ela significa. Quanto mais eu tentava ser bom e agradar a Deus, mais eu falhava. A incumbência dava a aparência de ser pesada demais e os benefícios pareciam mínimos, se é que existiam.

Quando cheguei à adolescência, minha vida entrou “em parafuso” e virou um caos. Saí de casa; me envolvi com o mundo das drogas; e não demorou muito para que eu ficasse desempregado, sem teto, perambulando pelas ruas de Toronto.

Uma Escolha Quase Fatal

Ainda fico intrigado com o fato de que uma pessoa pode ser criada com todas as oportunidades que eu tive e, mesmo assim, rejeitar o Evangelho. Como é que eu não entendi isso antes? Eu vi o que o álcool fizera com outras famílias. Tive contato com lares destruídos e vidas despedaçadas. Eu fui testemunha da maneira pela qual Cristo fizera a diferença em nosso próprio lar; no entanto, misteriosamente nada disso me tocava.

O apóstolo Paulo, de igual modo, estava pasmado com a atitude de Israel:

“Porque eu mesmo desejaria ser anátema, separado de Cristo, por amor de meus irmãos, meus compatriotas, segundo a carne. São israelitas. Pertence-lhes a adoção e também a glória, as alianças, a legislação, o culto e as promessas; deles são os patriarcas, e também deles descende o Cristo, segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito para todo o sempre. Amém!” (Rm 9.3-5).

O Fator Fé

No Novo Testamento o meio de salvação é o mesmo identificado no Antigo Testamento: Fé.Ao escrever no Novo Testamento, o apóstolo Paulo demonstra sua convicção de que o propósito da mensagem central do Pentateuco era o de distinguir entre uma salvação centrada no homem e uma salvação centrada em Deus.

A incredulidade é um senhor cruel. Ela não promete nada, muito menos liberta; exige o pagamento de tudo, mas nunca entrega o que foi comprado.

A cidade de Jerusalém está edificada sobre uma montanha de dois cumes: um dos cumes é o monte Sião e o outro é o monte Moriá. Em 2 Crônicas 3.1 temos a seguinte informação: “Começou Salomão a edificar a Casa do Senhor em Jerusalém, no monte Moriá”. Esse é o monte onde as Escrituras dizem que Abraão finalmente entendeu e temeu ao Senhor: “Então, lhe disse: Não estendas a mão sobre o rapaz e nada lhe faças; pois agora sei que temes a Deus, porquanto não me negaste o filho, o teu único filho” (Gn 22.12).

Moriá foi o lugar da maior prova e da maior vitória de Abraão pela fé. Abraão, em sua disposição de sacrificar seu filho Isaque, colocava a promessa de Israel sobre o altar. Portanto, Moriá simboliza a fé e, por razões óbvias, passou a ser o local do estabelecimento do templo, a saber, o centro espiritual de todo o povo de Israel e o lugar onde Israel adoraria o seu Deus.

Entretanto, ao fazer suas declarações mais categóricas sobre o papel da fé na salvação, o apóstolo Paulo recorre ao livro de Deuteronômio. Em Romanos 10.6-8, Paulo fez citações de Deuteronômio 30:

“Mas a justiça decorrente da fé assim diz: Não perguntes em teu coração: Quem subirá ao céu?, isto é, para trazer do alto a Cristo; ou: Quem descerá ao abismo?, isto é, para levantar Cristo dentre os mortos. Porém que se diz? A palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração; isto é, a palavra da fé que pregamos”.

Existe um caminho melhor; um caminho tão próximo quanto o coração e os lábios, e que não requer pagamento humano de nenhuma espécie; um caminho que Abraão trilhou, Moisés ordenou e Paulo pregou: a obediência decorrente da fé.

O texto de Deuteronômio 30 foi escrito para fazer um contraste com o capítulo 29 que começa com uma assustadora declaração ao Israel descrente: “Porém o Senhor não vos deu coração para entender, nem olhos para ver, nem ouvidos para ouvir, até ao dia de hoje. Quarenta anos vos conduzi pelo deserto; não envelheceram sobre vós as vossas vestes, nem se gastou no vosso pé a sandália” (Dt 29.4-5).

Na seqüência, o capítulo 29 prediz os futuros fracassos de Israel e seus decorrentes castigos. Contudo, Deuteronômio 30 apresenta uma mensagem absolutamente diferente, uma mensagem de esperança e fé:

“Porque este mandamento que, hoje, te ordeno não é demasiado difícil, nem está longe de ti. Não está nos céus, para dizeres: Quem subirá por nós aos céus, que no-lo traga e no-lo faça ouvir, para que o cumpramos? Nem está além do mar, para dizeres: Quem passará por nós além do mar que no-lo traga e no-lo faça ouvir, para que o cumpramos? Pois esta palavra está mui perto de ti, na tua boca e no teu coração, para a cumprires” (Dt 30.11-14).

O mandamento ao qual Moisés se referiu nesse texto não era a Lei recebida no monte Sinai. Os israelitas nunca conseguiriam cumprir essa Lei. Moisés lhes falara acerca disso em boa parte do capítulo 29. Esse mandamento ordena que a pessoa creia, um mandamento personificado pelo exemplo de Abraão no monte Moriá.

A incredulidade é um senhor cruel. Ela não promete nada, muito menos liberta; exige o pagamento de tudo, mas nunca entrega o que foi comprado.

Contudo, existe um caminho melhor; um caminho tão próximo quanto o coração e os lábios, e que não requer pagamento humano de nenhuma espécie; um caminho que Abraão trilhou, Moisés ordenou e Paulo pregou: a obediência decorrente da fé.

O Dia em Que “Funcionou”

“E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus”
(Mt 18.3).

Eu não posso afirmar o que havia de diferente naquele dia chuvoso e frio de novembro de 1969. Eu ainda me drogava e continuava tão rebelde e rancoroso como sempre fora. Meu pai viera de Halifax à minha procura e nós estávamos dentro do carro, estacionado numa rua mais tranqüila.

Aparentemente nada tinha mudado. Porém, naquele dia o meu coração estava diferente. Quando meu pai me perguntou se eu queria receber a Cristo em minha vida, meu coração e lábios disseram: “sim”. Eu não hesitei, nem titubeei em tomar a decisão. Parecia óbvio. Foi naquele dia que me tornei crente em Jesus Cristo.

Acho que eu sempre conhecera o Evangelho e talvez sempre o aceitara de uma forma intelectual. Todavia, como no caso dos filhos de Israel que comeram o maná providenciado por Deus e caminharam sobre sandálias que não se desgastaram no deserto (veja Dt 29.5), o Evangelho nunca fizera diferença em minha vida.

Naquele dia, ao lado de meu pai, eu estava pronto a concordar com Deus sobre a minha condição e sobre a provisão que Ele fizera para mim. Trata-se daquela fé semelhante à de uma criança da qual Jesus fez menção ao dizer: “E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus” (Mt 18.3).

Para nós a salvação saiu de graça, mas para o Messias o custo foi incalculável. Além disso, a salvação nunca está distante e inacessível; sempre está disponível a todo aquele que, neste exato momento, se disponha a crer. Entre qualquer um de nós e a salvação eterna não existe nenhum impedimento que se interponha, exceto um coração descrente. (Marshall Wicks - Israel My Glory -

CHAMADA.COM.BRImage4

Cuide da sua Beleza Enquanto Dorme

Cuide da sua Beleza Enquanto Dorme

Ter cuidados de beleza é fundamental para manter a pele jovem e bonita. Durante a noite é melhor ainda: além de proporcionar bem-estar, é o momento que nossa pele está mais preparada para receber os produtos. À noite, o metabolismo das células da pele aumenta e, por isso, ela absorve os nutrientes melhor que em qualquer outro período do dia.

Portanto, se você ainda não possui o hábito de fazer um ritual de beleza antes de se deitar, veja aqui algumas dicas para melhorar seu bem-estar e sua beleza.

Graças aos avanços da indústria cosmética, é possível tratar do corpo, rosto e cabelo enquanto você desfruta de suas horas de sono. Confira a seguir o que você pode fazer em prol da sua beleza durante o sono para comece seu dia muito mais disposta e bonita!

Rosto

Cuide da sua Beleza Enquanto Dorme

A limpeza do rosto é fundamental. Quando a pele está limpa, ela está apta a receber os nutrientes com mais eficiência. Tonificar também é importante para eliminar aquela sujeirinha que o sabão não eliminou. Por fim, o hidratante noturno. Prefira produtos que estimulam o colágeno, além de antioxidantes como vitamina C, ácido retinóico e glicólico.

A produção de gordura da pele se intensifica pela noite. Se sua pele é oleosa, use um creme para diminuir os poros e controlar a oleosidade. Se você tem facilidade para cravinhos, tenha também um esfoliante suave para estimular a saída deles e prevenir o aparecimento de novos.

Saiba mais sobre: Cuidados com o Rosto

Olheiras

Cuide da sua Beleza Enquanto Dorme

Use cremes específicos para olheiras na região dos olhos para amenizar a aparência pela manhã.

Saiba mais sobre: Olheiras

Lábios

Cuide da sua Beleza Enquanto Dorme

Aproveite a noite para manter os lábios hidratados e evitar as rachaduras.

Saiba mais sobre: Hidratantes Labiais

Corpo

Cuide da sua Beleza Enquanto Dorme

Aplique um bom hidratante no corpo inteiro antes de ir para cama. Melhor ainda se o creme unir princípios da aromaterapia: assim, você consegue acalmar a mente ao mesmo tempo em que hidrata o corpo.

Saiba mais sobre: Hidratantes Corporais

Mãos

Cuide da sua Beleza Enquanto Dorme

Depois de um dia inteiro de trabalho — expondo as mãos a vários produtos e até ao sol —, o melhor momento para cuidar das mãos é à noite, uma vez que elas vão ficar em repouso sem precisar serem lavadas. É durante a noite que os ingredientes irão agir sobre a pele. Portanto, use bons hidratantes nas mãos e não se esqueça de hidratar as unhas.

Saiba mais sobre: Cuidados com as mãos

Pés

Cuide da sua Beleza Enquanto Dorme

Não se esqueça dos pés: a noite é a melhor hora de hidratar os pés. Prefira cremes específicos rico em uréia (ativo com alto poder de hidratação).

Saiba mais sobre: Cuidados com os Pés

Bronzeado

Cuide da sua Beleza Enquanto Dorme

Se você quer ficar longe da brancura, conte com a ajuda dos autobronzeadores. Mas para que o resultado fique perfeito e o produto não meleque seu lençol, é essencial que você espalhe o autobronzeador de maneira uniforme. Espere 20 minutos e vista seu pijama. Em seguida, vá tranquila para cama, certa de que acordará com outro visual.E vocês, cuidam da beleza enquanto dormem?

fonte belezaesaúdelibertese

palavra do dia

Image18
Exodo 19

1) AO terceiro mês da saída dos filhos de Israel da terra do Egito, no mesmo dia chegaram ao deserto de Sinai,
2) Porque partiram de Refidim e entraram no deserto de Sinai, onde se acamparam. Israel, pois, ali se acampou em frente ao monte.
3) E subiu Moisés a Deus, e o SENHOR o chamou do monte, dizendo: Assim falarás à casa de Jacó, e anunciarás aos filhos de Israel:
4) Vós tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águias, e vos trouxe a mim;
5) Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha.
6) E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel.
7) E veio Moisés, e chamou os anciãos do povo, e expôs diante deles todas estas palavras, que o SENHOR lhe tinha ordenado.
8) Então todo o povo respondeu a uma voz, e disse: Tudo o que o SENHOR tem falado, faremos. E relatou Moisés ao SENHOR as palavras do povo.
9) E disse o SENHOR a Moisés: Eis que eu virei a ti numa nuvem espessa, para que o povo ouça, falando eu contigo, e para que também te creiam eternamente. Porque Moisés tinha anunciado as palavras do seu povo ao SENHOR.
10) Disse também o SENHOR a Moisés: Vai ao povo, e santifica-os hoje e amanhã, e lavem eles as suas roupas,
11) E estejam prontos para o terceiro dia; porquanto no terceiro dia o SENHOR descerá diante dos olhos de todo o povo sobre o monte Sinai.
12) E marcarás limites ao povo em redor, dizendo: Guardai-vos, não subais ao monte, nem toqueis o seu termo; todo aquele que tocar o monte, certamente morrerá.
13) Nenhuma mão tocará nele; porque certamente será apedrejado ou asseteado; quer seja animal, quer seja homem, não viverá; soando a buzina longamente, então subirão ao monte.
14) Então Moisés desceu do monte ao povo, e santificou o povo; e lavaram as suas roupas.
15) E disse ao povo: Estai prontos ao terceiro dia; e não vos chegueis a mulher.
16) E aconteceu que, ao terceiro dia, ao amanhecer, houve trovões e relâmpagos sobre o monte, e uma espessa nuvem, e um sonido de buzina mui forte, de maneira que estremeceu todo o povo que estava no arraial.
17) E Moisés levou o povo fora do arraial ao encontro de Deus; e puseram-se ao pé do monte.
18) E todo o monte Sinai fumegava, porque o SENHOR descera sobre ele em fogo; e a sua fumaça subiu como fumaça de uma fornalha, e todo o monte tremia grandemente.
19) E o sonido da buzina ia crescendo cada vez mais; Moisés falava, e Deus lhe respondia em voz alta.
20) E, descendo o SENHOR sobre o monte Sinai, sobre o cume do monte, chamou o SENHOR a Moisés ao cume do monte; e Moisés subiu.
21) E disse o SENHOR a Moisés: Desce, adverte ao povo que não traspasse o termo para ver o SENHOR, para que muitos deles não pereçam.
22) E também os sacerdotes, que se chegam ao SENHOR, se hão de santificar, para que o SENHOR não se lance sobre eles.
23) Então disse Moisés ao SENHOR: O povo não poderá subir ao monte Sinai, porque tu nos tens advertido, dizendo: Marca termos ao redor do monte, e santifica-o.
24) E disse-lhe o SENHOR: Vai, desce; depois subirás tu, e Arão contigo; os sacerdotes, porém, e o povo não traspassem o termo para subir ao SENHOR, para que não se lance sobre eles.
25) Então Moisés desceu ao povo, e disse-lhe isto.
bomdia

DEVOCIONAL

entrega
Segunda-feira, 28 de Fevereiro, 2011

VERSÍCULO:
“Eu, da minha parte, irmãos meus, estou persuadido a vosso
respeito, que vós já estais cheios de bondade, cheios de todo o
conhecimento e capazes, vós mesmos, de admoestar-vos uns aos
outros”.
-- Romanos 15:14

PENSAMENTO:
Mesmo que sejamos falhos e imperfeitos, Paulo nos lembra de
quão importantes, competentes e úteis podemos ser uns aos outros.
Ao passo que nossa esperança é em Deus, ele nos deu uns aos
outros na nossa caminhada de fé. Não devemos viver como ilhas
isoladas de fé, mas depender um do outro e aprender dos outros
enquanto olhamos para Cristo para nossa salvação e força.

ORAÇÃO:
Obrigado, querido Pai, por colocar as pessoas na minha vida que
têm me formado, ensinado, corrigido e apoiado no meu andar com o
Senhor. Sou grato pelo seu apoio a mim através das palavras,
exemplos e toques deles. Obrigado por me dar uma família para
compartilhar minha jornada até o Senhor. No nome de Jesus eu oro.
Amém.
fonte iluminaalma
deusamor

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Palavra do dia

taglilac Salmo 42

1) ASSIM como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus!
2) A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?
3) As minhas lágrimas servem-me de mantimento de dia e de noite, enquanto me dizem constantemente: Onde está o teu Deus?
4) Quando me lembro disto, dentro de mim derramo a minha alma; pois eu havia ido com a multidão. Fui com eles à casa de Deus, com voz de alegria e louvor, com a multidão que festejava.
5) Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face.
6) Ó meu Deus, dentro de mim a minha alma está abatida; por isso lembro-me de ti desde a terra do Jordão, e desde os hermonitas, desde o pequeno monte.
7) Um abismo chama outro abismo, ao ruído das tuas catadupas; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado sobre mim.
8) Contudo o SENHOR mandará a sua misericórdia de dia, e de noite a sua canção estará comigo, uma oração ao Deus da minha vida.
9) Direi a Deus, minha rocha: Por que te esqueceste de mim? Por que ando lamentando por causa da opressão do inimigo?
10) Com ferida mortal em meus ossos me afrontam os meus adversários, quando todo dia me dizem: Onde está o teu Deus?
11) Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus.
senhor

DEVOCIONAL

vigiai
Domingo, 27 de Fevereiro, 2011

VERSÍCULO:
“Afastai-vos, pois, do homem cujo fôlego está no seu nariz.
Pois em que é ele estimado?”
-- Isaías 2:22

PENSAMENTO:
Quantas vezes você se decepcionou com alguém em quem votou,
foi traído por um amigo, foi abandonado por um ente querido ou
desapontado por um líder da igreja? Ao passo que amamos os outros
e nos preocupamos com eles, cada pessoa no nosso mundo é igual a
nós – um ser humano falho que respira o mesmo ar e anda na mesma
terra que nós. Somente Um é digno da nossa confiança total. Ele
nos mostrou isso por sacrificar o que era mais precioso a ele para
que pudéssemos conhecer seu amor. Não devemos colocar nossa
esperança em outros mortais; somente Deus pode garantir nossa
confiança. Vamos colocar nossa esperança nele!

ORAÇÃO:
Pai, o Senhor conhece os lugares que foram quebrados no meu
coração por falhas de outras pessoas na minha vida. Confesso que
às vezes fico desiludido com o caminho do Senhor por causa das
falhas e inconsistências do seu povo. No fundo eu sei, querido
Pai, que as falhas deles não significam que são suas falhas, mas
é difícil não sentir isso. Chame-me para perto do Senhor. Dê-me
um coração mais gracioso para com aqueles que me desapontam, Ó
Senhor. No Senhor coloco minha confiança. Em nome de Jesus. Amém.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

ALEGRIA DO SENHOR É A NOSSA FORÇA!

Quando a Alegria Vence o Medo

"O medo da solidão é o triste líder

Seus compatriotas, diz o pesquisador inglês Michael Whiteburgh, que estuda o estresse, têm medo de muitas coisas – mas o que mais temem é a solidão. O psiquiatra Whiteburgh, que mantém clínicas de repouso em Liverpool e Londres, publicou uma lista das principais fobias (com base em 2.000 casos de que tratou).

Nela, a solidão (monofobia) está na frente da claustrofobia (medo de ficar em ambientes apertados), da agorafobia (medo de ficar em grandes espaços descobertos), da insetofobia (medo de insetos), da zoofobia (medo de animais) e da astafobia (medo de trovões). O medo de voar vem mais adiante, até mesmo depois do medo de andar de metrô..."

O medo é a doença dos nossos dias. Ele assumiu proporções assustadoras. Quando as pessoas não procuram a Deus, enchem-se os consultórios de psicólogos e psiquiatras. Alguns dos medicamentos mais usados são os psicofármacos, tomados contra o medo, a inquietação e a insônia. É notável também que justamente no tempo do Natal aumentam a solidão e o medo. Parece tratar-se do tempo em que o homem percebe de maneira especial que lhe faltam a alegria interior e a segurança em Deus. Durante quase todo o ano, muitas pessoas tentam criar para si um paraíso artificial, tomando comprimidos e realizando muitas atividades; elas tentam afastar o medo e a solidão. Mas justamente no tempo do Natal elas percebem que a fuga não dá certo e que o medo e o desespero as alcançam.

No entanto, o medo foi vencido através de Jesus Cristo e Sua vinda ao mundo. E com Ele veio a alegria procedente de Deus. Ninguém precisa mais ser solitário. A mensagem do anjo por ocasião do anúncio do nascimento de Jesus em Belém é emoldurada por duas afirmações significativas, que têm Jesus por conteúdo: "Não temais" e "grande alegria". A respeito, lemos em Lucas 2.10: "O anjo, porém, lhes disse: Não temais: eis aqui vos trago boa nova de grande alegria, que o será para todo o povo". Sim, através da Sua vinda, Jesus transformou o medo em alegria, e essa alegria está disponível para todos.

Alegria!

Deus é a fonte da alegria, na Sua "presença há plenitude de alegria" (Sl 16.11; Is 12.3).Quem não conhece realmente a Deus, não imagina que alegria está deixando de ter. Jesus veio para nos trazer essa alegria, sim, Ele quer que Sua própria alegria permaneça em nós e que nosso gozo seja completo (Jo 15.11).

Um neurologista escreveu certa vez um livro intitulado: "Deixe seus nervos nas mãos de Deus." Jesus sabe do seu medo, Ele mesmo o venceu no Getsêmani e na cruz do Calvário.

O que falta a muitas pessoas é a fé para irem confiantemente a Jesus com todas as cargas, com todos os temores e pecados. Por isso, o Senhor exorta: "Até agora nada tendes pedido em meu nome; pedi, e recebereis, para que a vossa alegria seja completa" (Jo 16.24). Faça isso agora mesmo! (Norbert Lieth

fonte wwwapaz. -

DEVOCIONAL

jesuscaminhoani

Sábado, 26 de Fevereiro, 2011

VERSÍCULO:
“Vinde, cantemos alegremente ao Senhor, cantemos com júbilo
à rocha da nossa salvação”.
-- Salmos 95:1

PENSAMENTO:
Ter um Deus amoroso que é Eterno, uma Rocha de estabilidade,
num mundo virado de cabeça prá baixo, é algo para celebrar.
Tantas coisas sobre as quais nos empolgamos são uma vitória
passageira, uma emoção esportiva ou louvor a uma personalidade.
Mas em Deus temos algo para realmente celebrar com alegria. Ele nos
conhece desde a nossa concepção, ele nos amou desde antes da
fundação do mundo, ele enviou seu Filho para nos salvar e nos
levará para um eterno lar com ele. Nenhum cântico cantado
baixinho vale hoje. Vamos cantar com alegria e aclamar em voz alta
ao Senhor!

ORAÇÃO:
Aleluia, Senhor Deus, o Senhor trouxe salvação para mim! O
Senhor me abençoou com a sua graça, me confortou com seu amor e
me renovou com seu Espírito. Minha vida transborda com a
abundância das suas ricas bênçãos. Louvo-lhe com meu coração.
Louvo-lhe com meus pensamentos. Louvo-lhe com minhas palavras.
Louvo-lhe com minhas mãos. Louvo-lhe com tudo que sou. Em nome de
Jesus. Amém.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

ENTREVISTA COM O DIABO .


QUEM O CRIOU?
Lúcifer : Fui criado pelo próprio Deus, bem antes da existência do homem. [Ezequiel 28:15]

COMO VOCÊ ERA QUANDO FOI CRIADO?
Lúcifer : Vim à existência já na forma adulta e, como Adão, não tive infância. Eu era um símbolo de perfeição, cheio de sabedoria e formosura e minhas vestes foram preparadas com pedras preciosas. [Ezequiel 28:12,13]

ONDE VOCÊ MORAVA?
Lúcifer : No Jardim do Éden e caminhava no brilho das pedras preciosas do monte Santo de Deus. [Ezequiel 28:13]

QUAL ERA SUA FUNÇÃO NO REINO DE DEUS?
Lúcifer : Como querubim da guarda, ungido e estabelecido por Deus, minha função era guardar a Glória de Deus e conduzir os louvores dos anjos. Um terço deles estava sob o meu comando. [Ezequiel 28:14; Apocalipse 12:4]

ALGUMA COISA FALTAVA A VOCÊ?
Lúcifer : (reflexivo, diminuiu o tom de voz) Não, nada. [Ezequiel 28:13]

O QUE ACONTECEU QUE O AFASTOU DA FUNÇÃO DE MAIOR HONRA QUE UM SER VIVO PODERIA TER?
Lúcifer : Isso não aconteceu de repente. Um dia eu me vi nas pedras (como espelho) e percebi que sobrepujava os outros anjos (talvez não a Miguel ou Gabriel) em beleza, força e inteligência.. Comecei então a pensar como seria ser adorado como deus e passei a desejar isto no meu coração. Do desejo passei para o planejamento, estudando como firmar o meu trono acima das estrelas de Deus e ser semelhante a Ele. Num determinado dia tentei realizar meu desejo, mas acabei expulso do Santo Monte de Deus. [Isaías 14:13,14; Ezequiel 28: 15-17]

O QUE DETONOU FINALMENTE A SUA REBELIÃO?
Lúcifer : Quando percebi que Deus estava para criar alguém semelhante a Ele e, por conseqüência, superior a mim, não consegui aceitar o fato. Manifestei então os verdadeiros propósitos do meu coração. [Isaías 14:12-14]

O QUE ACONTECEU COM OS ANJOS QUE ESTAVAM SOB O SEU COMANDO?
Lúcifer : Eles me seguiram e também foram expulsos. Formamos juntos o império das trevas.. [Apocalipse 12:3,4]

COMO VOCÊ ENCARA O HOMEM?
Lúcifer : (com raiva) Tenho ódio da raça humana e faço tudo para destruí-la, pois eu a invejo. Eu é que deveria ser semelhante a Deus. [1Pedro 5:8]

QUAIS SÃO SUAS ESTRATÉGIAS PARA DESTRUIR O HOMEM?
Lúcifer : Meu objetivo maior é afastá-los de Deus. Eu estimulo a praticar o mal e confundo suas ideias com um mar de filosofias, pensamentos e religiões cheias de mentiras, misturadas com algumas verdades. Envio meus mensageiros travestidos, para confundir aqueles que querem buscar a Deus. Torno a mentira parecida com a verdade, induzindo o homem ao engano e a ficar longe de Deus, achando que está perto. E tem mais. Faço com que a mensagem de Jesus pareça uma tolice anacrônica, tento estimular o orgulho, a soberba, o egoísmo, a inimizade e o ódio dos homens. Trabalho arduamente com o meu séquito para enfraquecer as igrejas, lançando divisões, desânimo, críticas aos líderes, adultério, mágoas, friezas espirituais, avareza e falta de compromisso (ri às escaras).. Tento destruir a vida dos pastores, principalmente com o sexo, ingratidão, falta de tempo para Deus e orgulho. [1Pedro 5:8; Tiago 4:7; Gálatas 5:19-21; 1 coríntios 3:3; 2 Pedro 2:1; 2 Timóteo 3:1-8; Apocalipse 12:9]

E SOBRE O FUTURO?
Lúcifer : (com o semblante de ódio) Eu sei que não posso vencer a Deus e me resta pouco tempo para ir ao lago de fogo, minha prisão eterna. Eu e meus anjos trabalharemos com afinco para levarmos o maior número possível de pessoas conosco. [Ezequiel 28:19; Judas 6; Apocalipse 20:10,15]

Enviado por Jardel.

blog do pr matias

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...